domingo , 22 outubro 2017
Home / Brasília / Governador troca gestores de seis regiões administrativas
Hélio Tremendani (3º à esquerda) assume a RA do Cruzeiro e Sudoeste/Octogonal | Foto: Divulgação

Governador troca gestores de seis regiões administrativas

O governador Rodrigo Rollemberg decidiu fazer mudanças em seis administrações regionais. As trocas de comando foram publicadas na segunda-feira (17), no Diário Oficial do Distrito Federal.

As alterações foram feitas “para dinamizar as relações entre a comunidade das referidas cidades e os órgãos do governo”, informou a Secretaria das Cidades.

No Recanto das Emas, sai Fábio Ávila e entra  Paulo Roberto Amâncio da Silva. A delegada Jane Klébia deixa a gestão de Sobradinho, que passa a ser chefiada por Valter Soares Leite. Jane também assumia interinamente Sobradinho II e Fercal. Quem fica no lugar dela nestas regiões é Charles Magalhães Araújo.

“Choradeira desenfreada”

No Cruzeiro e no Sudoeste/Octogonal, sai Reginaldo Sardinha e assume Hélio Tremendani dos Santos. A mudança na RA é uma das que tem causado uma choradeira desenfreada em um grupo de apoiadores de Sardinha.

Os “viúvos chorosos” estão tentando movimentar abaixo-assinado para reverter a decisão do governador. Assim como também têm causado constrangimento em grupos sociais a quem apoia a entrada de Hélio dos Santos que, por sinal, é morador da cidade desde 1961.

Em contrapartida, Hélio tem a simpatia de vários outros grupos e lideranças da cidade, que o receberam dando as boas vindas. O  novo gestor  já se colocou à disposição de todos: “… O cargo de administrador é de livre nomeação do governador, o qual fez a opção por um morador da cidade com histórico de serviços prestados. Gostaria de ser procurado por todos os segmentos da comunidade para tratar das questões de nossa região. Não pertenço a nenhum partido político e não tenho ambições eleitorais. Como cidadão morador do Cruzeiro, estarei sempre à disposição para encaminhamentos necessários”, destacou Hélio, em carta aberta à comunidade.

Aos que apoiam a nomeação do novo administrador fica a torcida para que essas “ações desesperadas” não façam com que o governador acabe nomeando um interino para o cargo que não seja um morador da cidade.

Sobre Da Redação

Leia também

Cresce 42% o número de testamentos lavrados no Brasil

A cada ano aumenta o número de pessoas que procuram os cartórios de notas interessadas …

Um comentário

  1. Porque é difícil de encontrar bons sites com esse. Obrigado pelo conteudo de qualidade. ABraço e sucesso

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subscribe!