terça-feira , 26 setembro 2017
Home / Destaque da capa / Governo investe R$ 607 milhões em moradia popular
Residencial Nelson Mandela, em Goiânia - Foto: Divulgação Goiás Agora

Governo investe R$ 607 milhões em moradia popular

A principal ação será a assinatura de convênios para repasse de recursos do Cheque Mais Moradia para as prefeituras que apresentarem áreas para a construção das casas do programa

O governo de Goiás vai apresentar à população, ainda neste mês, o Goiás na Frente Habitação, segmento do programa de investimentos voltado para a moradia popular. O ato administrativo será realizado no Residencial Nelson Mandela, ainda neste mês de julho, ocasião em que o governador Marconi Perillo vai anunciar os primeiros R$ 607 milhões para a construção de unidades habitacionais em todas as regiões do Estado.

A principal ação será a assinatura de convênios para repasse de recursos do Cheque Mais Moradia para as prefeituras que apresentarem áreas para a construção das casas do programa. O Goiás na Frente Habitação estabeleceu a construção de 30 mil unidades habitacionais em todo o Estado, com liberação dos recursos no decorrer deste ano e do ano que vem.

Segundo balanço preliminar da Agehab, 52 municípios, de todas as regiões, já apresentaram as áreas ao governo de Goiás. Juntas, elas receberão as primeiras 7.418 unidades habitacionais, com investimento total de R$ 91 milhões em recursos do tesouro estadual e R$ 516,15 milhões em recursos federais, num total de R$ 607,1 milhões em investimentos.

Programa Habitacional

Os novos investimentos vão impulsionar o programa habitacional do governo de Goiás, que está com unidades em construção e em entrega em todo o Estado. É o caso do Nelson Mandela, no Conjunto Vera Cruz, em Goiânia, conjunto de apartamentos que está em fase final de implantação. Em junho, foram entregues 1.061 moradias em todo o Estado, resultado da parceria entre Estado, União e municípios. Entre as unidades entregues estão as do Residencial Luciano Peixoto, em Pirenópolis inteiramente abastecidas com energia fotovoltaica, resultado dos investimentos do programa estadual Goiás Solar.

O Goiás na Frente Habitação vai reunir todas as ações do setor desenvolvidas pelo governo de Goiás por meio da Agehab – Cheque Mais Moradia (construção e reforma de moradias), Cheque Comunitário (construção e reforma de equipamentos comunitários nos municípios, em parceria com as prefeituras e as entidades sociais) e Casa Legal (escrituração de moradias).

O governo de Goiás vai instalar no Nelson Mandela estrutura de atendimento aos prefeitos e beneficiários dos programas habitacionais, para impulsionar as ações do Goiás na Frente Habitação. O Goiás na Frente é formado por R$ 10 bilhões em investimentos públicos e privados destinados à realização de obras de infraestrutura econômica e social, em todas as áreas, com destaque para Saúde, Educação e Segurança Pública.

Dos quase R$ 10 bilhões, R$ 6,6 bilhões são exclusivamente de recursos públicos, entre eles os convênios do Governo de Goiás com a União para a construção de moradias populares. A meta do governo estadual é reduzir o déficit habitacional em todo o Estado e propiciar moradia digna para os cidadãos goianos de menor poder aquisitivo.

 

 

(Gabinete de Imprensa do Governador de Goiás)

Sobre Da Redação

Leia também

Gasolina e diesel terão preços reduzidos

Reajuste nas refinarias foi anunciado pela Petrobras e começa a ser praticado a partir desta …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subscribe!