terça-feira , 24 outubro 2017
Home / Veículos / Audi lança neste mês a segunda geração do Q5
Novo Q5 é a aposta da Audi para ganhar espaço no segmento Premium | Foto: Divulgação

Audi lança neste mês a segunda geração do Q5

Modelo estréia no mercado brasileiro em versões equipadas com o motor 2.0 TFSI e novos itens de série.

A segunda geração do Audi Q5 estreia no mercado brasileiro em setembro em versões equipadas com o motor de quatro cilindros 2.0 TFSI e novos itens de série, incluindo as tecnologias de condução semiautônoma entre os opcionais da configuração topo de linha Ambition. Para se beneficiar da isenção de taxas de importação, o SUV passa a ser importado do México. Em outubro a marca passa a vender sob encomenda a versão blindada de fábrica baseada na variante intermediária Ambiente.

Considerado o principal lançamento da Audi em 2017, o Q5 é a aposta para ganhar espaço no segmento premium, competindo coma BMW X4, Mercedes-Benz GLC, Jaguar F-Pace, Volvo XC60 e os Land Rover Discovery Sport e Evoque.

Olhando o Q5 por fora, as mudanças visuais são discretas em comparação com a geração anterior. A dianteira ganhou novos faróis e a grade tridimensional, enquanto o perfil do SUV está mais musculoso, com linhas inspiradas nas do superesportivo R8 e um vinco que percorre toda a lateral. Na traseira o que mais chama a atenção são as lanternas de LED.

Apesar da semelhança visual com o modelo antigo, o Q5 passa a ser construído sobre a nova plataforma modular MLB para veículos de motorização longitudinal do Grupo Volkswagen. A base é compartilhada com os sedãs A4, A5, Volkswagen Passat e Porsche Macan. Com a nova estrutura, o SUV está 3,4 centímetros mais comprido (4,66 metros), 0,5 cm mais largo (1,89 m), 0,4 cm mais alto (1,66 m), 1,2 cm maior na distância entre-eixos (2,82 m) e 10 litros mais espaçoso no porta-malas (550 litros). Apesar do ganho nas medidas, o uso de aços de alta resistência reduziu o peso total em 50 quilos (1.720 kg).

Nesta geração, o Q5 passa a ser oferecido apenas com o motor a gasolina EA888 de quatro cilindros de 2.0 litros com turbo e injeções direta e indireta de combustível. O propulsor passou por melhorias que elevaram a potência de 225 cv para 252 cv e acrescentaram 2 kgfm de torque, totalizando 37,7 kgfm. O 3.0 V6 turbo de 252 cv e 40,8 kgfm deixa de ser oferecido.

Todas as versões são equipadas com o sistema de tração integral permanente quattro Ultra, que envia o torque para as quatro rodas de acordo com a demanda de aderência do momento.

Sobre Da Redação

Leia também

Hyundai anuncia lançamento do novo Creta Sport

Utilitário esportivo, em sua versão mais arrojada, começa a ser comercializado a partir do próximo …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subscribe!