domingo , 22 outubro 2017
Home / Destaque da capa / “Sem Saída” como política pública de Educação

“Sem Saída” como política pública de Educação

O prefeito de Águas Lindas de Goiás, Hildo do Candango, sempre levantou a bandeira da Educação. Sua gestão é marcada por inúmeros investimentos na área, como reforma e ampliação de 90% das escolas municipais e construiu 167 salas de aula, ampliando a estrutura em 67%.

Em mais uma atividade para fortalecer a educação no município, o prefeito apresentou recentemente  o programa Sem Saída, que tem como objetivo a evasão escolar zero. Para isso foram criadas medidas metodológicas para o processo de gestão escolar, como a correção na distorção idade/série e elevação do fluxo regular, avaliações constantes dos alunos para qualificar o ensino.

Com esta mesma proposta, os gestores escolares recebem formação anual e os coordenadores e professores a cada seis meses. Tudo isso com a meta de ter uma educação de qualidade.

Segundo o prefeito Hildo do Candango, a equipe da Secretaria de Educação, Ciência e Tecnologia já desenvolve todos os programas citados no decorrer do ano e os resultados alcançados são positivamente satisfatórios e elevaram o município de Águas Lindas a melhorar o seu rankeamento a nível estadual e nacional como uma cidade que avançou na área educacional.

“A nossa meta é zerar a evasão escolar em nosso município, e em virtude dos resultados alcançados transformamos o projeto em política pública de ensino e deve ser absorvido por toda sociedade aguaslindense para oferecer uma educação de qualidade garantindo um futuro promissor de nossas crianças”, disse o prefeito.

O plano de Ação de Evasão escolar é busca ativa para atuar preventivamente por meio de ações diretas na regulação do fluxo escolar, visando o equilíbrio entre a oferta e permanência dos alunos na escola. Esta ação interfere nos índices de desenvolvimento Humano e nos Índices de desenvolvimento da educação.

Sobre Da Redação

Leia também

Cresce 42% o número de testamentos lavrados no Brasil

A cada ano aumenta o número de pessoas que procuram os cartórios de notas interessadas …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subscribe!