quinta-feira , 23 novembro 2017
Home / Veículos / Renault tira o Fluence de linha
Renault Fluence
O Fluence é oferecido no Brasil nas versões Dynamique Plus (R$ 99.530) e Privilège (R$ 108.300)/Foto: Divulgação

Renault tira o Fluence de linha

Apesar da representatividade no segmento de sedãs médios, o Fluence nunca chegou a ameaçar os líderes Toyota Corolla, Honda Civic e Chevrolet Cruze

A Renault confirmou nesta quarta-feira (8) que o sedã médio Fluence deixará de ser vendido no Brasil e não terá um substituto. A informação foi anunciada durante o evento em São Paulo que apresenta os planos da marca para a América Latina nos próximos cinco anos. A empresa não definiu uma data para o fim das vendas do Fluence, mas disse que o modelo continuará sendo oferecido enquanto houver unidades nos estoques das concessionárias.

“O segmento de sedãs médios está caindo. E o que o sustenta está muito ligado ao produto, no caso, o Toyota Corolla e o Honda Civic”, explicou Luiz Pedrucci, presidente da Renault do Brasil.

Apesar da representatividade no segmento de sedãs médios, o Fluence nunca chegou a ameaçar os líderes Toyota Corolla, Honda Civic e Chevrolet Cruze. Para efeito de comparação, enquanto o Corolla registra mais de 5.000 emplacamentos por mês, o Fluence soma apenas 890 unidades vendidas no acumulado do ano.

Fabricado na Argentina, o Fluence é oferecido no Brasil nas versões Dynamique Plus (R$ 99.530) e Privilège (R$ 108.300), ambas equipadas com motor 2.0 flex de 143 cv e câmbio automático CVT.

Além disso, a Renault adiou novamente a chegada do SUV Koleos. No entanto, confirmou que até 2022 venderá um utilitário esportivo médio para ocupar a lacuna entre o Captur e o próprio Koleos. O modelo mais cotado é o Kadjar, vendido na Europa.

Por fim, entre as metas, a Renault informou que espera alcançar 10% de participação no mercado nacional e triplicar o lucro operacional. O foco da marca será no segmento de comerciais leves com a chegada da picape média Alaskan durante o Salão de São Paulo, no segundo semestre de 2018.

Sobre Da Redação

Leia também

Volkswagen apresenta nova família de caminhões Delivery

Marca chega ao disputado segmento de 3,5 t, com veículos que seguem padrões internacionais. Uma …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subscribe!