domingo , 19 novembro 2017
Home / Destaque da capa / Tasso quer disputar Presidência, afirma aecista
Tasso Jereissati
Senador estava na presidência interina do PSDB desde maio, mas foi afastado do posto por Aécio nesta quinta-feira (9)/Foto: Agência Senado

Tasso quer disputar Presidência, afirma aecista

A um mês da reunião que elegerá o novo comando do PSDB, o senador Aécio Neves (MG)  reassumiu a presidência do partido

No fogo cruzado do PSDB na disputa pela presidência do partido, aliados do senador Aécio Neves (MG) e tucanos da ala governista do partido afirmam, agora, que a movimentação do senador Tasso Jereissati (CE) vai além do desejo de comandar a legenda.

“Há dois meses eu disse para algumas lideranças que a única coisa que explicava o excesso do ativismo do Tasso é o fato de ele ser candidato à Presidência do Brasil. (O senador) Cassio (Cunha Lima) defendeu ontem essa tese e cometeu um ato falho”, disse o deputado Marcus Pestana (PSDB-MG).

“Não tenho dúvidas de que a movimentação do Tasso é para ser candidato a presidente da República, como um Tersius”, completou Pestana. Aliado de Tasso, o senador paraibano Cássio Cunha Lima fez um discurso durante a reunião que lançou oficialmente a candidatura do colega ao comando da legenda e finalizou, segundo relatos, com o slogan “Tasso presidente”.

“É um argumento falacioso. O Tasso nunca manifestou interesse em disputar nenhum cargo. Ele sempre teve inclinação pela candidatura presidencial do Geraldo Alckmin. Fomos nós que pedimos para ele assumir o comando do partido”, rebateu o deputado Rocha (PSDB-AC), aliado de Tasso.

Além de Alckmin, o prefeito de Manaus, Arthur Virgilio, também se apresentou como pré-candidato à Presidência da República e disse que pretende disputar prévias. O prefeito João Doria também é apontado como postulante à vaga, embora tenha sinalizado que deve apoiar o padrinho político.

Sobre Da Redação

Leia também

Economia goiana movimentou R$ 173,63 bilhões

Em 2015, a participação de Goiás no PIB nacional ficou estável em 2,9%. Com isso, …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subscribe!