terça-feira , 16 outubro 2018
Home / Destaque da capa / Real Madrid sobreviva ao susto e enfrenta o Grêmio

Real Madrid sobreviva ao susto e enfrenta o Grêmio

O Real Madrid fica no caminho certo para os títulos consecutivos da Copa do Mundo de Clubes. Cristiano Ronaldo e Gareth Bale obtêm os objetivos cruciais

O Real Madrid garantiu seu lugar na final da Copa do Mundo de Clubes dos Clubes dos Emirados Árabes Unidos, em 2017, com uma vitória por 2-1 sobre Al Jazira, mas não sem um susto grave.

Depois de dominar, os campeões europeus se viram atrasados ​​graças a um merecido gol de Romarinho, que precisava de Cristiano Ronaldo e Gareth Bale para garantir a passagem no segundo semestre.

Era sempre esperado que Ali Khaseif precisasse superar a sua exibição atraente contra Auckland City para ver Al Jazira ter uma chance. Ele mais do que fez dentro da abertura de 20 minutos. Negando Ronaldo, Luka Modric, Karim Benzema e derrubando um esforço desviado para a barra, a escolha do grupo, ele era quase uma barreira de um homem contra o tsunami de Madri.

Mas Al Jazira teve um plano de jogo, como nos últimos dois jogos – aproveite a pressão e acerte os seus adversários no intervalo. Duas vezes Ali Mabkhout, sem dúvida, deveria ter feito isso contar. Duas vezes a bola também estava na parte de trás da rede do lado de Abu Dhabi, mas uma falta e um impedimento – depois de uma consulta VAR – viu a vida encantada do seu objetivo continuar.

Incrívelmente, a primeira greve foi registrada na outra extremidade, com Romarinho pouncing em um erro pouco característico para slot além de Keylor Navas – uma vantagem quase duplicada momentos após o intervalo. No entanto, outro assento da VAR viu a greve de Mbark Boussoufa também ter marcado o jogo fora de campo.

Mas talvez um golpe ainda maior acontecesse quando Khaseif saiu com uma lesão na coxa. Momentos depois, Ronaldo igualou para fazer dele o goleador recorde do torneio. Redescobrindo seu toque clínico, ele escolheu o canto inferior esquerdo com um esforço soberbamente atingido. Benzema deveria ter jogado o jogo firmemente de volta a favor de Madri, mas duas vezes agitou a mesma postagem de dentro da área.

O francês partiu e Bale, que voltou da lesão, não desperdiçou tempo ao marcar os espanhóis na frente de um corte e enviá-los para a final para enfrentar Gremio.

Sobre Da Redação

Leia também

espetáculo

“Encerramento do Amor” em curta temporada no Sesc

Apresentação será exibida nos dias 20 e 21 de outubro (sábado e domingo), sempre às …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subscribe!