domingo , 20 Maio 2018
Home / Destaque da capa / Raí: Partidas para escrever a história no Paris Saint-Germain
psg
Raí aproveitou a oportunidade para assistir ao treinamento comandado por Unai Emery | Foto: Divulgação

Raí: Partidas para escrever a história no Paris Saint-Germain

De passagem por Paris, o ex-camisa 10 brasileiro e atual diretor de futebol são-paulino Raí aproveitou a oportunidade para assistir ao treinamento comandado por Unai Emery, na manhã desta terça-feira (13) antes da viagem a Madri, e também fez questão de dar uma entrevista exclusiva ao microfone da PSG TV

“Paris ocupa um lugar especial no meu coração. É sempre um prazer voltar aqui. Isso me traz boas lembranças. É também uma oportunidade para conhecer a nova geração de jogadores do clube. A equipe do Paris na qual joguei marcou sua época e estou certo de que a equipe atual também escreverá a história do Paris Saint-Germain. Além dos jogadores, parece-me que todo o clube, à imagem de um dirigente como Maxwell, está pronto para alcançar um sucesso histórico.”

Você fica surpreso ao ver essa tradição entre o clube e o Brasil continuar até hoje?

“Sou muito orgulhoso de fazer parte dos jogadores brasileiros que atuaram aqui, como Valdo e Ricardo Gomes, que jogaram ao meu lado. Esta tradição entre o Paris e o Brasil ainda existe graças aos seus belíssimos representantes, e eu sei que os torcedores apreciam essa conexão.”

O clube ainda é muito seguido no Brasil?

“O Paris Saint-Germain é cada vez mais seguido no Brasil. Seu número de torcedores continua a crescer. As pessoas de lá estão assistindo aos jogos, especialmente para ver Neymar e os outros brasileiros.”

Na sua época, você disputou grandes encontros europeus pelo Paris. O que pode nos dizer sobre este duelo de quarta-feira contra o Real Madrid no Santiago Bernabéu?

“Estes são jogos muito grandes. Os desafios estão ficando cada vez maiores. É este o tipo de partida que o permite entrar na história. Este confronto entre o Real Madrid – atual bicampeão da Champions League – e o Paris, onde ambas as equipes aspiram ao título desta competição, só pode nos oferecer um super espetáculo.”

Tem algum palpite para essa partida contra o Real?

“Não, eu não gosto disso (risos). O mais importante é que o Paris se classifique daqui a três semanas e vá até a final desta Champions League.”

Sobre Da Redação

Leia também

indústria automobilística

Brasil cria mais 115.898 empregos formais

No acumulado do ano, já são mais de 336 mil novos postos de trabalho nas …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subscribe!