quinta-feira , 20 setembro 2018
Home / Destaque da capa / Mais de R$ 16 milhões para 41 prefeituras

Mais de R$ 16 milhões para 41 prefeituras

Governador fez o pagamento de convênio para Prefeituras/Foto: Fernando Leite

O programa Goiás na Frente já encaminhou convênios com 211 dos 246 municípios goianos

O governador de Goiás,  Marconi Perillo, repassou nesta quinta-feira, dia 1º de março, R$ 16,1 milhões a 41 prefeituras, por meio do Goiás na Frente. O aporte é referente a parcelas dos convênios firmados pelo programa, que já beneficiou 123 dos 246 municípios goianos. Ao frisar que o recurso está sendo repassado de forma austera e séria, graças ao comprometimento de toda a equipe de governo, Marconi destacou: “Nosso tempo é o do trabalho, da luta e de apoio aos prefeitos”.

Ele lembrou que já houve tempo em que governos deixaram de cumprir com os repasses acordados com as prefeituras. “Houve um tempo em que o governo assinou convênios com muitos municípios e pagou mil reais para cada. Estamos levando a sério a aliança com os prefeitos. Esses convênios são fruto de muito trabalho. Isso não cai do céu. Nosso objetivo é que vocês possam realizar o melhor para suas cidades, para seus cidadãos”, declarou.

Referindo-se aos recursos já repassados às prefeituras, e às obras que já estão sendo realizadas, Marconi ressaltou que o compromisso com os gestores municipais sempre foi prioridade em suas gestões. “Nunca me acomodei ou acovardei na vida. Esse é o lema do Tempo Novo: ousar, criar, avançar. Coragem para enfrentar e vencer desafios. A força dos prefeitos é a da nossa união. Em Goiás as coisas dão certo, porque caminhamos juntos”, sentenciou.

Das 41 cidades contempladas, 24 receberam a primeira e segunda parcelas dos convênios, e 17 captaram a terceira e quarta. O prefeito de Anápolis, Roberto Naves, afirmou que 99% prefeituras estariam fadadas ao insucesso, sem a ajuda do governo estadual por meio do programa Goiás na Frente. “O que seria de nós e das nossas cidades sem o Goiás na Frente? Quais investimentos que nós conseguiríamos fazer sem o apoio de Marconi? Se o senhor, governador, não tivesse feito o dever de casa e enfrentado a crise, não poderia nos proporcionar esses recursos. Tudo o que está acontecendo de obras nos municípios é graças a esse governo”, enfatizou.

O vice-governador José Eliton reafirmou o compromisso do governo estadual de continuar a repassar os recursos a todas as prefeituras que entregarem os documentos exigidos por lei. “Recursos temos para todas, basta que cumpram o que a lei exige, que conseguiremos atender com muito rigor e comprometimento todas as prefeituras”, declarou.

Goiás na Frente

O programa Goiás na Frente já encaminhou convênios com 211 dos 246 municípios goianos. Dados da Secretaria de Governo (Segov) apontam que já são 143 convênios outorgados, e 88 prefeituras estão com seus processos em fase de tramitação pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SED). O valor empenhado para os 211 municípios é R$ 402 milhões.

Os 143 convênios firmados para a execução de serviços e de obras em diversas áreas somam R$ 242.322.941,09. Deste valor, o governo estadual já pagou R$ 55.123.461,30. O valor já atendeu a 123 cidades, contempladas com uma ou mais parcelas.

Representando os prefeitos presentes no evento, o prefeito de Anápolis, Roberto Naves, afirmou que se não fosse o programa, as prefeituras estariam em situação desesperadora. “99% das prefeituras estariam fadadas ao insucesso sem o Goiás na Frente”, enfatizou.

“Folha de pagamento, obras, limite prudencial, falta de medicamentos. Quantos de nós pegamos as prefeituras nessa situação? O que seria de nós e das nossas cidades sem o Goiás na Frente? Quais investimentos que nós conseguiríamos fazer sem o apoio de Marconi? Se o senhor, governador, não tivesse feito o dever de casa e enfrentado a crise, não poderia nos proporcionar esses recursos. Tudo o que está acontecendo de obras nos municípios é graças a esse governo”, afirmou.

Sobre Da Redação

Leia também

idoso

Como obter a carteira do idoso em três passos

Documento garante acesso a passagens interestaduais nos transportes rodoviário, ferroviário e aquaviário gratuitas ou com …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subscribe!