segunda-feira , 16 julho 2018
Home / Brasil / Saiba quais são as atividades que mais utilizam água

Saiba quais são as atividades que mais utilizam água

Foto: Governo de Brasília

Brasil é considerado privilegiado por abrigar 12% de toda água doce do mundo

De acordo com a Agência Nacional de Águas (ANA), 46,2% de toda água retirada para uso no Brasil é destinada à irrigação. Esse é o principal uso do recurso no País e corresponde à prática agrícola que utiliza um conjunto de equipamentos e técnicas para suprir a deficiência total ou parcial de água para as culturas agrícolas. Em 2016, a demanda total de água retirada para irrigação no Brasil era de 969m³/s, ou seja, 969 mil litros por segundo.

Abastecimento urbano  

O abastecimento urbano fica com 23,3% de toda água destinada para consumo no Brasil. Segundo a ANA, são necessários 488,3m³/s, cerca de 15 vezes a demanda para o abastecimento rural, para atender à necessidade da população que vive nas cidades. Aqui, o serviço de abastecimento urbano de água é prestado predominantemente por companhias estaduais de saneamento (em 69% dos municípios brasileiros), além de entidades municipais e empresas do setor privado.  

Indústria  

Ainda no meio urbano, as indústrias ficam com 9,2% do total da água usada, o que corresponde a 192,4m³/s. Nas indústrias extrativistas (que retiram matéria-prima da natureza para ser utilizada em outras indústrias), o total retirado era de 32,8m³/s, em 2016. As de transformação, por sua vez, captam 159,6m³/s.  

Abastecimento animal  

Além do uso ligado a práticas agrícolas, no meio rural, a água é utilizada para o abastecimento animal. O consumo de água diário para a pecuária varia de acordo com a espécie criada e totaliza 165,1 m³/s. No Brasil, a maior parte do consumo animal (127,5 m³/s no total para o País) é referente à criação de bovinos.  

Sobre Da Redação

Leia também

Tiradentes

Cultura e gastronomia no tricentenário de Tiradentes

Evento acontece entre os dias 24 de agosto e 2 de setembro.  Programação inclui aulas teóricas e …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subscribe!