sexta-feira , 20 julho 2018
Home / Destaque da capa / Hotéis em Mônaco promovem desenvolvimento sustentável

Hotéis em Mônaco promovem desenvolvimento sustentável

Crédito: Metropole Monte-Carlo

Estabelecimentos implementaram diversas ações para reduzir o consumo de água, diminuir emissão de CO2 e proteger a biodiversidade

No Principado de Mônaco, há diversas indústrias que estão se mobilizando em projetos com causas sociais e ambientais. As empresas hoteleiras, por exemplo, estão empenhadas em mudar o futuro do planeta começando por pequenas e importantes ações dentro de casa, promovendo cada vez mais o turismo responsável.

O sofisticado hotel Metropole Monte-Carlo é um exemplo. Ele começou a introduzir políticas ambientais, chamadas de Green Attitude, em 2007, com o objetivo de reduzir impactos ambientais, sensibilizar seus públicos sobre a atitude verde do hotel e multiplicar suas ações humanitárias.

Para atingir tais metas, diversas ações foram incorporadas ao dia-a-dia do hotel, como o monitoramento do consumo de água e energia, diminuição da quantidade de lixo produzido reduzindo o consumo de papel, separação e reciclagem do lixo, priorização de produtos e fornecedores verdes, obtenção de certificados ambientais, treinamento dos funcionários e criação de um Green Committe com colaboradores de diferentes áreas.

O hotel também se envolve no setor social trabalhando em conjunto com a associação monegasca NAMASTE, cujo objetivo é melhorar a qualidade de vida do povo nepalês, principalmente nas áreas de educação e saúde.

Impacto ambiental

Além disso, o Metropole Monte-Carlo mobiliza seus próprios hóspedes na causa, oferecendo o programa Act Green para encorajá-los a reduzir o impacto ambiental durante a estadia e recomendando o informativo Green Chic Traveller, sobre opções ecológicas durante a viagem. Também é oferecida a experiência The Cetacean Ball, um passeio ao santuário marinho Pélagos, que protege a biodiversidade marinha.

A Monte-Carlo Société des Bains de Mer (SBM) iniciou suas políticas de desenvolvimento sustentável no mesmo ano. A sociedade, proprietária de importantes estabelecimentos monegascos, como o Cassino de Monte-Carlo e o Hôtel de Paris, definiu e implementou diferentes cartas ambientais em seus principais empreendimentos, de acordo com as especificidades de cada um.

A primeira carta foi lançada em 2007, com duração de cinco anos, e a segunda em 2013. Esta última foi definida por ações baseadas em nove diferentes pontos: certificações ambientais; informação, consciência e comprometimento dos stakeholders; consumo de energia; consumo de água; ar, atmosfera e transportes; biodiversidade; compras responsáveis; separação e reciclagem do lixo; e construção e renovações sustentáveis.

Dessa forma, os estabelecimentos implementaram diversas ações para reduzir o consumo de água, diminuir emissão de CO2 e proteger a biodiversidade, começaram a optar por transportes mais ecológicos, fazer compras em empresas responsáveis e de madeira certificada, separar e reciclar o lixo, construir e renovar de forma responsável, utilizar produtos orgânicos, etc.

O Monte-Carlo Bay Hotel & Resort, que faz parte do grupo SBM, definiu o chamado Bay Be Green Team em 2013, um time dedicado a organizar e implementar uma política ambiental própria do hotel. Foi criada uma carta com 37 ações que deveriam ser seguidas, como instalar lâmpadas que poupam energia, estações para recarregar veículos elétricos, conservação da água e gerenciamento do lixo.

A partir do ano seguinte, o hotel se tornou um dos únicos estabelecimentos de Mônaco (junto com o Monte-Carlo Beach Relais et Châteaux) a receber a certificação Green Globe, após alcançarem 70% das metas exigidas.

Responsabilidade ambiental

Desde junho de 2013, o Monte-Carlo Beach Relais et Châteaux, que é um estabelecimento do grupo SBM, também tem sua própria carta com 35 ações de responsabilidade ambiental, sendo a mais relevante a “Beach Goes Bio!”. Seu restaurante Elsa, que recebeu a certificação Ecocert Level 3, tem menus inteiramente orgânicos de produtores locais.

Além disso, 90% de todos os ingredientes servidos nos outros restaurantes do hotel também são orgânicos. O objetivo é torná-lo o primeiro hotel eco-certificado 100% orgânico em todos os seus serviços relacionados a comida, como restaurantes, serviço de quarto, bar e minibar.

O hotel também utiliza energia renovável para 100% de seu consumo de eletricidade e os hóspedes têm acesso a uma estação de bicicleta elétrica.

Consciência ambiental

Já o hotel Fairmont Monte-Carlo oferece o programa Eco-Meet, uma alternativa verde para eventos e conferências, com uma estrutura para reuniões que encoraja a redução de resíduos e promove a consciência ambiental.

O hotel Columbus é pioneiro em triagem e reciclagem de resíduos e tem um comprometimento de longa data com o desenvolvimento sustentável na área de gestão de resíduos. E o Le Meridien Beach Plaza oferece aos clientes a opção de não trocar seus lençóis e toalhas por vários dias.

As televisões também não são mais ligadas antes da chegada dos hóspedes e as lâmpadas de baixo consumo substituíram outras ineficientes, de forma a reduzir o consumo de energia.

Lixo Eletrônico

O Principado de Mônaco não investe em ações sustentáveis apenas dentro de casa. No Brasil, por exemplo, o escritório deturismo do país fez uma parceria com o Movimento Greenk e a Prefeitura de São Paulo para instalar 15 coletores de lixo eletrônico em parques públicos paulistanos.

Desta forma, as pessoas poderão se desfazer de materiais eletrônicos em desuso ou quebrados, como computadores, impressoras, celulares, tablets, monitores, acessórios e cabos, que poderão ser recuperados ou reciclados de forma ambientalmente correta (mais informações). O primeiro coletor foi instalado nesta segunda-feira (14/05) no Parque Ibirapuera, na entrada do portão 3, e os demais serão implementados até o dia 24 de maio nos seguintes pontos:

1) Parque Trianon – Rua Peixoto Gomide, 949
2) Parque Prefeito Mario Covas – Avenida Paulista, 1853
3) Parque da Independência – Avenida Nazareth, s/n
4) Parque do Cordeiro Martin Luther King – Rua Breves, 968
5) Parque Lina e Paulo Raia – Rua Volkswagen, s/n
6) Parque Buenos Aires – Av Angélica, 1.500
7) Parque do Povo – Av. Henrique Chamma, 420
8) Parque da Aclimação – Rua Muniz de Souza, 1.119
9) Parque Burle Marx – Av. D Helena Pereira de Moraes, 200
10) Parque Piqueri – R. Tuiuti, 515
11) Parque do Carmo – Av. Afonso de Sampaio e Sousa, 951 – Itaquera
12) Parque Vila Guilherme /Trote – Rua São Quirino, 905

13) Secretaria do Verde e Meio Ambiente –  R. do Paraíso, 387 – Paraíso

14) Câmara Municipal de SP –  Viaduto Jacareí, 100 – Bela Vista

Para saber mais sobre Mônaco, acesse www.visitemonaco.com e o site Bureau Mundo, escritório virtual da GVA:www.bureaumundo.com.

Sobre Mônaco

Mônaco é um destino divertido e moderno cheio de atrações culturais, opções esportivas e vida noturna agitada. Para apreciadores de viagens culturais, há museus sobre os mais diferentes e interessantes assuntos.

Na lista dos principais monumentos do país figuram a Catedral de Mônaco, o Palácio Principesco e o famoso Cassino e Ópera de Monte-Carlo, que recebe concertos e apresentações prestigiadas.

A gastronomia também é excelente em todo o país, com mais de uma centena de restaurantes de todos os tipos (como culinárias francesa e italiana, asiática, orgânica e muito mais), sendo seis deles premiados com estrelas Michelin.

Mônaco também está investindo cada vez mais em iniciativas sustentáveis. Tanto instituições governamentais como empresas privadas estão mudando suas próprias atitudes para torná-las mais responsáveis, criando campanhas de conscientização e promovendo e patrocinando projetos que tenham como foco a proteção do meio ambiente e o desenvolvimento de sociedades marginalizadas.

 

 

 

Sobre Da Redação

Leia também

2ª instância

Análise de prisão após 2ª instância deve ficar para 2019

A retomada da discussão do tema é vista por petistas como uma alternativa para tentar …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subscribe!