terça-feira , 21 agosto 2018
Home / Destaque da capa / Atlético manteve a vice-liderança ao vencer o Ceará

Atlético manteve a vice-liderança ao vencer o Ceará

E o caldeirão do Horto ferveu mais uma vez. Em virada emocionante e conquistada na raça, o Atlético manteve a vice-liderança do Campeonato Brasileiro ao vencer o Ceará por 2 a 1, na noite desta quarta-feira, diante de mais de 22 mil torcedores na Arena Independência, em Belo Horizonte. A partida foi válida pela 12ª rodada da competição, a última rodada antes da pausa para a Copa do Mundo da Rússia.

A equipe visitante saiu na frente com Naldo, aos 32 minutos do segundo tempo, e Róger Guedes empatou quatro minutos depois, em belo chute de fora da área. Luan, que entrou no segundo tempo e incendiou o jogo, fez o gol da vitória aos 46 minutos, levando a Massa à loucura no Horto.

Com 23 pontos na tabela de classificação, o Galo continua tendo o melhor da competição, com 24 gols. Róger Guedes permanece liderando a artilharia do certame, agora com nove gols.

Na próxima rodada do Brasileirão, depois do Mundial da Rússia, o adversário será o Grêmio, no dia 18/7 (quarta-feira), às 21h45, em Porto Alegre.

O JOGO

O Atlético pressionou o Ceará dede o início e foi ao ataque pela primeira vez no cruzamento de Tomás Andrade pela esquerda e Róger Guedes concluiu para fora. Em seguida, novamente pelo lado esquerdo, Ricardo Oliveira tentou encontrar Róger Guedes na entrada da área, mas o passe foi interceptado pelo zagueiro.

Na melhor chance da etapa inicial, aos 20 minutos, Cazares cruzou pela esquerda e Gustavo Banco, na pequena área, finalizou por cima do gol. Aos 22, Adilson se contundiu e deixou o campo para a entrada de Yago.

Tomás Andrade arriscou chute de fora da área, aos 25 minutos, e o goleiro Éverson fez a defesa. Seis minutos depois, Tomás Andrade cruzou pela direita, a zaga rebateu e Cazares tentou chute colocado da entrada da área, por cima do gol.

O Ceará ameaçou aos 33 minutos, quando Samuel Xavier acertou a trave da meta defendida por Victor. O Galo ainda tentou no arremate de Gustavo Blanco, sobre o gol, mas o primeiro tempo terminou com o placar e branco.

O Atlético voltou para o segundo tempo sem outras mudanças e Victor fez boa defesa aos três minutos, no chute de João Lucas. A torcida pediu e, aos nove minutos, Luan entrou no lugar de Cazares para mudar a história do jogo.

Ricardo Oliveira aproveitou falha da defesa cearense, aos dez minutos, e exigiu boa defesa de Éverson em chute cruzado. Logo depois, Róger Guedes conseguiu finalização na pequena área, mas o goleiro evitou o gol e ainda conseguiu interceptar o cruzamento de Patric na continuação do lance.

Aos 14 minutos, Yago cruzou pela esquerda e Luan cabeceou para fora. No ataque seguinte, Patric tocou para Gustavo Blanco finalizar da entrada da área, o zagueiro salvou quase em cima da linha e Ricardo Oliveira pegou o rebote, mas foi travado na hora da finalização.

Gustavo Blanco foi substituído por Elias, aos 19 minutos. Em sua primeira boa participação, Elias tabelou com Luan e finalizou, mas a defesa cearense conseguiu desviar o chute. O Atlético tentou em cruzamentos de Luan e Patric, mas foi o Ceará que abriu o placar aos 32 minutos, com Naldo.

O empate atleticano veio aos 35 minutos. Na jogada, Róger Guedes recebeu passe de Elias e soltou a bomba de fora da área: 1 x 1.

Tendo buscado a vitória durante os 90 minutos, o Galo foi premiado aos 46, quando Luan disparou pelo meio e tocou na saída do goleiro para ferver o caldeirão do Horto: Galo 2 x 1.

FICHA TÉCNICA

ATLÉTICO 2 x 1 CEARÁ
Motivo: Campeonato Brasileiro (12ª rodada)
Data: 13/06/2018
Estádio: Arena Independência
Cidade: Belo Horizonte (MG)
Gols: Naldo (32’/2T), Róger Guedes (36’/2T), Luan (46’/2T)
Público: 22.119
Renda: R$ 303.035,00
Árbitro: Vinicius Furlan (AB/SP)
Auxiliares: Alex Ang Ribeiro (AB/SP) e Miguel Cataneo Ribeiro da Costa (AB/SP)
Quarto Árbitro: Vitor Carmona Metestaine (AB/SP)
Assistentes Adicionais: Salim Fende Chavez (AB/SP) e Marcio Henrique de Gois (AB/SP)
Cartão amarelo: Fábio Santos (Atlético)

Atlético
Victor; Patric, Bremer, Gabriel e Fábio Santos; Adilson (Yago); Tomás Andrade, Gustavo Blanco (Elias), Cazares (Luan), Róger Guedes, Ricardo Oliveira.
Técnico: Thiago Larghi.

Ceará
Everson, Rafael Pereira, Tiago Alves e Luiz Otávio; Samuel Xavier (Douglas Coutinho), Naldo, Ricardinho, Pio (Arnaldo) e João Lucas; Éder Luís e Felipe Azevedo (Romário).
Técnico: Lisca.

GOLS DA RODADA

Sobre Da Redação

Leia também

Temer

Temer tem 76% de avaliação ruim e péssima, diz Ibope

A administração é considerada regular por 19% do eleitorado, 2% diz que o governo está …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subscribe!