domingo , 15 julho 2018
Home / Destaque da capa / Brasil v Suíça: segundo jogo do Grupo E na Copa do Mundo

Brasil v Suíça: segundo jogo do Grupo E na Copa do Mundo

A Arena de Rostov proporcionará um cenário espetacular para o segundo jogo do Grupo E na Copa do Mundo FIFA de 2018 na Rússia, que coloca o Brasil como favorito ao torneio contra a Suíça, que é a única equipe na história a derrotar os eventuais campeões da Copa do Mundo. .

O jogo de domingo marca o retorno dos brasileiros à etapa da Copa do Mundo após a campanha traumática em casa, em 2014. Foram necessários dois anos para se recuperar da experiência, com a chegada do astuto Tite no banco de reservas em meados de 2016 restaurando um senso de calma para a equipe. Revitalizando o time e encontrando a mistura certa, ele garantiu que fosse o primeiro time sul-americano a chegar à Rússia em 2018. Essa foi a escala de sua reformulação na equipe que o pentacampeão mundial tem apenas seis jogadores com experiência na Copa do Mundo. suas fileiras , como foi o caso há quatro anos.

Enfrentá-los será uma equipa suíça duradoura que perdeu apenas uma vez desde o início de 2016 e apenas saiu do UEFA EURO 2016 nos penalties. Apesar de terem que passar pelo “play-off” para se qualificarem, a Suíça organizou uma excelente campanha nas eliminatórias europeias e sabe o que é preciso para impressionar uma equipe de renome em uma partida de abertura, depois de derrotar a eventual campeã Espanha em sua primeira partida na África do Sul 2010.

Giancarlo Giampietro, com o Brasil (siga no Twitter | Facebook )

A Seleção acredita que os suíços vão disputar um jogo muito apertado, o que significa que os homens de Tite precisarão de muita paciência em sua primeira noite, uma ocasião que está sempre cheia de nervos. Tite está alinhado com Neymar, Gabriel Jesus, Philippe Coutinho e Willian, um quarteto que oferece criatividade, habilidades com bola de seda, mobilidade e acabamento, exatamente as qualidades que o Brasil precisará para derrubar seus oponentes.

Alan Schweingruber, com a Suíça (seguir no Twitter Facebook )

Apesar de respeitar seus oponentes, a Suíça estará confiante, depois de empatar em 1 x 1 com a Espanha e vencer o Japão por 2 x 0 em seus jogos de aquecimento, que o treinador Vladimir Petkovic desenhou algumas valiosas conclusões de. Nunca nada menos que sólido, os suíços sabem que podem obter um resultado se estiverem no seu melhor. Eles podem se animar com a derrota para a Argentina nas oitavas de final no Brasil em 2014, enquanto se preparam para enfrentar outro gigante sul-americano.

Você sabia?

O Brasil venceu 16 de seus 20 jogos de abertura na Copa do Mundo. Os dois únicos que perderam foram nas duas primeiras finais mundiais, nos dias em que jogavam de branco. Os brasileiros perderam por 2 a 1 para a Iugoslávia no Uruguai em 1930 e por 3 a 1 para a Espanha na Itália em 1934.

Possíveis

Brasil: Alisson; Danilo, Thiago Silva, Miranda, Marcelo; Casemiro, Paulinho, Philippe Coutinho; Willian, Gabriel Jesus, Neymar.

Suíça: Sommer; Lichtsteiner, Schaer, Akanji, Rodriguez; Behrami, Xhaka; Shaqiri, Dzemaili, Zuber; Seferovic.

17/6 = 15 HORAS = BRASIL X SUIÇA

Sobre Da Redação

Leia também

Tiradentes

Cultura e gastronomia no tricentenário de Tiradentes

Evento acontece entre os dias 24 de agosto e 2 de setembro.  Programação inclui aulas teóricas e …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subscribe!