quarta-feira , 22 agosto 2018
Home / Destaque da capa / Cruzeiro supera o Flamengo no Maracanã por 2 a 0

Cruzeiro supera o Flamengo no Maracanã por 2 a 0

Em noite de grande exibição e de show da Nação Azul no Maracanã, o Cruzeiro abriu vantagem parcial na luta por uma vaga nas quartas de final da Copa Conmebol Libertadores ao vencer o Flamengo por 2 a 0, gols de De Arrascaeta e Thiago Neves, um em cada tempo.

Com o resultado, a Raposa pode perder por até um gol de diferença no jogo de volta no Mineirão que, mesmo assim, garantirá a vaga. O segundo tempo da decisão em Belo Horizonte está marcado para o dia 29 de agosto.

O jogo

Bem organizado em campo, o Cruzeiro abriu o placar logo no início de jogo. Aos 9 minutos, Thiago Neves iniciou a jogada pela esquerda e tocou para Robinho dentro da área. O camisa 19 dominou e esperou o melhor momento para encontrar De Arrascaeta em ótimas condições. O uruguaio, com categoria, deslocou Diego Alves e abriu o placar.

Tentando o empate, o Flamengo criou boa parte de suas chances em jogadas de escanteio. A principal oportunidade do time da casa aconteceu aos 34 minutos, quando Uribe desviou de cabeça e Fábio fez excepcional defesa, quase em cima da linha.

Na volta para a segunda etapa, o time de Mano Menezes, bastante comprometido na marcação, tentava evitar ao máximo que a bola chegasse ao gol de Fábio. No entanto, aos 3 minutos, Uribe novamente criou boa chance e exigiu nova defesa do camisa 1 celeste.

Aos 24, Raniel, que havia entrado no lugar de Barcos, arriscou forte chute de fora da área e a bola tirou tinta da trave flamenguista. Aos 30, Thiago Neves recebeu passe de Egídio, mas chutou por cima.

Acostumado às grandes decisões, o camisa 30 teve nova chance e não perdoou. Após grande jogada tramada por Raniel e Rafinha pela direita, a bola chegou até De Arrascaeta dentro da área. O craque uruguaio rolou para Lucas Silva que chutou forte, rasteiro. Oportunista, Thiago Neves escorou para as redes aos 34 minutos, marcando o segundo gol estrelado.

Nos minutos finais, o Flamengo esboçou uma pressão, mas foi o time celeste que esteve mais próximo do terceiro gol. Já nos acréscimos, Raniel e Rafinha tiveram oportunidades para aumentar o placar, mas pararam no goleiro Diego Alves.

Marcas importantes

Dois jogadores atingiram marcas importantes na noite desta quarta-feira. O capitão Henrique chegou ao seu jogo de número 441 com o manto estrelado e empatou na 11ª posição com Ricardinho, outro volante que marcou época no Clube. O camisa 8 está a um jogo do Top 10, que hoje tem Ademir, com 442 partidas, na 10ª colocação.

Já o uruguaio De Arrascaeta se tornou de forma isolada o maior artilheiro estrangeiro da história do Cruzeiro. Ao abrir o placar, o camisa 10 chegou ao 46º gol pelo Clube, superando o boliviano Marcelo Moreno, que tem 45.

Vantagem fundamental

Após a partida, o técnico Mano Menezes se mostrou bastante satisfeito com o resultado e o rendimento da equipe nestes primeiros 90 minutos da eliminatória. No entanto, o comandante estrelado ressaltou que o jogo de volta no Mineirão também será de grande dificuldade.

“O Cruzeiro fez uma grande atuação, contra um grande adversário. Pela primeira vez vence no novo Maracanã e isso dá uma ideia de como é difícil vencer aqui. Tínhamos uma ideia de como comportar, fizemos um início muito bom de jogo que nos deu uma vantagem que viria acompanhada de um pouco de sofrimento depois, porque o Flamengo tem muita qualidade para criar. Nos postamos bem, defendemos bem. Depois do 2 a 0, nos últimos minutos, era natural que tivéssemos mais espaços. Mas o Flamengo também criou oportunidades. Estamos satisfeitos. Demos um primeiro passo importante. Mas teremos um segundo jogo no Mineirão e teremos que jogar nesse mesmo nível para conseguirmos nossa vaga para as quartas de final”, avaliou o técnico cruzeirense.

FLAMENGO 0 X 2 CRUZEIRO
Motivo: Jogo de ida das oitavas de final da Copa Conmebol Libertadores
Data: 08/08/2018 (quarta-feira)
Local: Maracanã, no Rio de Janeiro
Público: 41.533 pagantes | 45.967 presentes
Renda: R$ 3.273.749,00
Árbitro: Néstor Pitana (ARG)
Gols: De Arrascaeta, aos 9 min. do 1º tempo; Thiago Neves, aos 34 min. do 2º tempo
Flamengo: Diego Alves; Rodinei (Pará), Léo Duarte, Réver e Renê; Cuéllar; Everton Ribeiro, Diego, Jean Lucas (Vitinho) e Marlos Moreno (Lincoln); Fernando Uribe. Técnico: Maurício Barbieri
Cruzeiro: Fábio; Edilson, Dedé, Leo e Egídio; Henrique e Lucas Silva; Robinho (Rafinha), Thiago Neves (Ariel Cabral) e De Arrascaeta; Barcos (Raniel). Técnico: Mano Menezes
Cartões amarelos: Cuéllar (Flamengo); Thiago Neves e Robinho (Cruzeiro)

Sobre Da Redação

Leia também

Conselho Regional de Educação Física

Inscrições abertas para o CREF-13/BA

O certame oferece 190 vagas (7 efetivas e 183 de cadastro reserva) para cargos de nível médio e superior, na …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subscribe!