domingo , 23 setembro 2018
Home / Destaque da capa / Flamengo não sai do zero com o Corinthians no Maracanã

Flamengo não sai do zero com o Corinthians no Maracanã

Jogo de volta acontece dia 26 em São Paulo; Mengão precisará vencer pra avançar

O Flamengo empatou em 0x0 com o Corinthians na partida de ida da semifinal da Copa do Brasil. Em jogo muito truncado, o ataque rubro-negro não conseguiu vencer a defesa adversária, deixando tudo aberto para o jogo de volta. Mais de 53 mil torcedores compareceram e empurraram a equipe. A decisão ficou para São Paulo.

O jogo foi o chamado ataque contra defesa. Desde o início, o adversário se postou no campo de defesa, entregou a bola ao Flamengo e deu a ele a oportunidade de propor o jogo. Na defesa, a linha de quatro e mais três volantes. Um ferrolho desafiador para os comandados de Mauricio Barbieri.

O Rubro-Negro procurou trocar passes de lado a lado para abrir espaços. Nos primeiros quarenta e cinco minutos não obteve sucesso e, por isso, ameaçou pouco. As melhores tramas aconteceram pelo lado direito com Everton Ribeiro e Rodinei.

Na etapa complementar, o jogo não mudou de desenho. Com a usar 25 minutos, o treinador rubro-negro buscou mudar a equipe. Henrique Dourado entrou na vaga de Uribe e Willian Arão substituiu Paquetá. Dez minutos depois entrou Lincoln no lugar de Vitinho. Era o tudo ou nada para tentar abrir o placar.

Nada foi suficiente. O capítulo decisivo dessa história será daqui quinze dias.

Maurício Barbieri analisa empate contra Corinthians no Maracanã

Treinador afirmou que houve luta, mas que chances não se converteram em gols

O Flamengo empatou em 0 a 0 com o Corinthians, na noite desta quarta-feira (12), no jogo de ida da semifinal da Copa do Brasil. Após o confronto, o técnico Maurício Barbieri falou sobre o resultado e o desempenho rubro-negro.

“Os números refletem o que foi o jogo. Foram mais de 70% de posse, 24 finalizações. O adversário quase não finalizou, mal passou do meio-campo no segundo tempo. Encurralamos eles, não conseguiram trocar mais de quatro passes. Conseguimos reagir bem a perda de bola pressionando. Não conseguimos finalizar muito pela postura deles fechada, mas buscamos muito. A tendência é que eles se exponham mais no jogo da volta, então vamos aproveitar esses espaços para criar mais, tentar marcar e sair com a vitória. Temos que tentar nos impor na casa do adversário também”, analisou o treinador.

“O Cássio não fez defesa milagrosas, mas fez algumas defesas, finalizamos bolas dentro da área que acabamos não acertando o gol, mas tivemos oportunidades de abrir o placar e fomos muito agressivos. Buscamos o gol com inteligência, procuramos espaços, não oferecemos chances para ele. Está em aberto, são 180 minutos de confronto. Não conseguimos fazer o gol nos primeiros 90’, mas vamos tentar novamente lá”, garantiu Barbieri.

Maurício ainda falou sobre a escolha dos atacantes para as últimas partidas. “Temos escolhido os atacantes em função das características dos adversários, que têm vindo muito fechados contra a gente. É difícil o centroavante ter mais espaço por isso. Sabemos que temos que melhorar em algumas áreas, criar mais, mas temos pouca margem para corrigir os erros pela falta de semanas para trabalhar. Porém, vamos buscar melhorias. Nossa ideia nunca é ter a posse pela posse, é utilizá la de forma objetiva. É uma posse com mérito, não é apenas porque eles nos entregam ela. Precisamos melhorar o critério de como usá-la”, completou.

O próximo desafio rubro-negro será no sábado (15), às 19h, quando vai até Brasília para enfrentar o Vasco pelo Campeonato Brasileiro.

Sobre Da Redação

Leia também

São Paulo

São Paulo finaliza preparação para encarar o América-MG

Com Bruno Peres treinando junto com o grupo, Diego Aguirre comandou treino tático e de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subscribe!