domingo , 23 setembro 2018
Home / Brasília / Brasilerê percorre escolas públicas do DF

Brasilerê percorre escolas públicas do DF

Foto: Divulgação

Grupo de câmara promove diálogos sobre música brasileira e concertos em centros de ensino do Gama, Ceilândia e São Sebastião

O grupo de música de câmara Quarteto Transversal promove, entre os meses de setembro a novembro, o projeto Brasilerê: Diálogos Musicais nas Escolas, um circuito de concertos e diálogos sobre a relação da música e a cultura brasileira erudita e popular em escolas públicas de Gama, Ceilândia e São Sebastião.

Com patrocínio do Fundo de Apoio à Cultura do Distrito Federal (FAC-DF), o projeto abrange, em sua maior parte, alunos do ensino fundamental e médio das escolas. O projeto começa no dia 27 de setembro, na CEF 02 da Ceilândia, e segue para São Sebastião em Outubro na CEF Jataí, e para o Gama em novembro, na CEF 11.

O objetivo do projeto é apresentar aos alunos a cultura e a música erudita e popular brasileira, conteúdo de difícil acesso aos estudantes da rede pública. Nas palestras, o aluno tem contato com diferentes vertentes da música brasileira para entender sua relevância dentro do cenário nacional e mundial. Os alunos também poderão observar o processo de composição de uma música e as diferentes estéticas.

Nos concertos do grupo, o repertório conta com arranjos inovadores de clássicos da história da música, como Bachianas Brasileiras N° 5; Asa Branca, de Luiz Gonzaga; Conversa de Botequim, de Noel Rosa; Lamentos, de Vinicius de Moraes e Pixinguinha; Wave, de Tom Jobim; Tutú Marambá, de Osvaldo Lacerda, e Os Pintinhos do Terreiro, de Zequinha de Abreu, entre outras composições.

O projeto surgiu de uma proposta dos integrantes do grupo de mesclar o erudito e o popular em um concerto de música brasileira. “Quando finalizamos o repertório do concerto, pensamos porque não agregar ao concerto um pouco da história da música brasileira para crianças e adolescentes? As influências, as transformações, os maiores compositores. Tudo isso pode ser trabalhado por meio do repertório”, explica Sammille Bonfim, integrante do Quarteto Transversal e uma das idealizadoras do projeto.

Além das palestras e apresentações musicais, o projeto Brasilerê: Diálogos Musicais nas Escolas propõe também a filmagem dos encontros e apresentações para a criação de um site especifico onde serão publicados os materiais coletados, disponibilizando o conteúdo, de forma livre e gratuita.

Sobre o grupo Quarteto Transversal

O grupo de música de câmara Quarteto Transversal é composto pelos flautistas Rômulo Barbosa, Sammille Bonfim, Thales Silva e Welder Rodrigues. Começou entre colegas de faculdade que decidiram tocar juntos. Buscando experimentar um repertório novo, mais moderno e atual, o grupo se propõe a misturar timbres, sons e ritmos, valorizando a música produzida por compositores brasileiros.

Atuando em palcos de Brasília e outros estados, o grupo já fez participações no projeto Sesc Intermezzo Sinfônico, Casa da Cultura Brasília, Escola de Música de Brasília CEP/EMB, Espaço Alexandre Inecco – ECAI, Universidade Federal de Goiás – UFG, Universidade de Brasília – UnB, Universidade de Campinas – Unicamp . Em novembro de 2015, o Quarteto Transversal participou da Oficina de Música de Câmara do 53o Festival Villa Lobos, no Rio de Janeiro.

Casando erudito e popular, o Quarteto Transversal vem renovando o cenário da música de câmara brasiliense.

Brasilerê: Diálogos Musicais nas Escolas

Setembro a Novembro

www.facebook.com/quartetotransversal

Sobre Da Redação

Leia também

São Paulo

São Paulo finaliza preparação para encarar o América-MG

Com Bruno Peres treinando junto com o grupo, Diego Aguirre comandou treino tático e de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subscribe!