Montadoras usam o evento para mostrar suas principais novidades, algumas ja previstas para chegar ao Brasil

RESUMINDO A NOTÍCIA

  • Salão acontece até o dia 12 de setembro
  • Muitos modelos apresentados já tem linha de produção
  • Mercedes e BMW apostam em design futurista para seus modelos
Depois de um ano sem eventos automotivos no ocidente, o Salão de Munique abriu as portas na última terça-feira

VOLKSWAGEN/DIVULGAÇÃO

Depois de um ano sem eventos automotivos no ocidente, o Salão de Munique abriu as portas na última terça-feira e destaca diversos modelos com propulsão elétrica. Alguns já estão prontos para a linha de produção e outros ainda são modelos conceito. O evento acontece até o dia 12 e serve como vitrine para a eletrificação que já é uma realidade.

A Volkswagen aposta no ID5 GTX

O primeiro SUV baseado na Matriz Modular de Propulsão Elétrica (MEB) recebeu design elegante e tração nas quatro rodas, além dos dois motores ampliando a família ID que tem feito sucesso na Europa. O ID.5 GTX é totalmente conectado e pode receber atualizações de software remotamente, por fim, ainda é equipado com a tecnologia Car2X. A autonomia do SUV pode chegar a 497 quilômetros segundo a VW.

Mercedes tem novos crossovers

A Mercedes-Benz é outra montadora que aposta alto no mercado de elétricos. Durante o Salão de Munique, a marca apresenta o sedã elétrico EQE, um irmão menor do EQS.

O modelo adota conceitos já conhecidos da marca alemã, como a central de multimídia Hyperscreen MBUX.

DIVULGAÇÃO/MERCEDES

O modelo adota conceitos já conhecidos da marca alemã, como a central de multimídia Hyperscreen MBUX.

O sedã é equipado com dois motores elétricos. Juntos, eles fornecem 292cv de potência e 530 Nm de torque com autonomia de até 660 km.

om carroceria muito próxima ao do Classe G atual, o modelo ganhou grade iluminada com pontos azuis e contorno iluminado bem futurista

DIVULGAÇÃO/MERCEDES

Outro modelo da marca que chama atenção é o conceito EQG. Com carroceria muito próxima ao do Classe G atual, o modelo ganhou grade iluminada com pontos azuis e contorno iluminado bem futurista. Na traseira, a tampa do porta-malas parece mais uma porta e, ao invés de carregar o estepe pendurado, tem uma caixa iluminada que parece um wallbox e que serve para guardar alguns objetos como o cabo de recarga.

Conceito da Audi muda de tamanho

A Audi apresenta neste evento o Grandsphere. Um sedã de alto luxo, autônomo e com alcance de até 750 km. Os dois motores elétricos são capazes de oferecer 720 cv de potência e 960 Nm de torque.

A Audi apresenta neste evento o Grandsphere

DIVULGAÇÃO/AUDI

Segundo Hildegard Wortmann, membro do Conselho de Administração de Vendas e Marketing da AUDI AG, o carro conceito é o que a marca imagina para o futuro. “O conceito de Grandsphere Audi revela como imaginamos o futuro da mobilidade premium: conectada, sustentável, elétrica, autônoma. Mas também veremos tecnologias do show car em modelos de produção nos próximos anos”, disse.

i Vision Circular

Outra montadora alemã que apresentou um veículo conceito é a BMW, com o i Vision Circular. O objetivo geral do projeto deste veículo é criar um modelo otimizado com uma taxa de 100% de materiais reciclados ou que possam ser reciclados posteriormente.

O modelo representa a nova ideia da marca de utilizar em seus produtos, uma média de 50% de matérias provenientes da reciclagem

BMW/DIVULGAÇÃO

O modelo representa a nova ideia da marca de utilizar em seus produtos, uma média de 50% de matérias provenientes da reciclagem. Hoje, segundo a montadora esse índice não passa dos 30%.

Um modelo que já está pronto para ganhar as ruas, inclusive brasileiras, é o BMW i4.

A gama é composta por duas variantes: o eDrive40 e M50

BMW/DIVULGAÇÃO

A gama é composta por duas variantes: o eDrive40, que potência de 340 cv e tração traseira, e o M50, com tração nas quatro rodas e 544 cv. O eDrive40 acelera de 0 a 100 km/h em 5,7 segundos, a autonomia é de 590 quilômetros. Já o M50 tem aceleração em 3,9 segundos, velocidade máxima de 225 km/h e alcance de 510 km.

Megane elétrico está pronto assim como Renault 5

A Renault preparou para o Salão o Mégane E-Tech Electric, que já está pronto para entrar em produção.

Por fora, o design chama atenção por mesclar elementos de SUV, hatchback e cupê

RENAULT/DIVULGAÇÃO

Por fora, o design chama atenção por mesclar elementos de SUV, hatchback e cupê. A dianteira tem faróis estreitos e LEDs que descem até o para-choque, logotipo destacado na grade e para-choque com detalhes em cores contrastantes com a carroceria. Chama atenção ainda teto flutuante, maçanetas escamoteáveis (as traseira são posicionadas nas colunas) e rodas de 18 ou 20 polegadas.

Por dentro o destaque fica com a tela de 12,3 polegadas em alta resolução e sistema de entretenimento com tela de 9 polegadas (12″ opcional).

Por dentro o destaque fica com a tela de 12,3 polegadas em alta resolução e sistema de entretenimento com tela de 9 polegadas (12" opcional).

RENAULT/DIVULGAÇÃO

Mecanicamente, são oferecidas duas opções de motores elétricos: 96 kW (130 cv) e 25,5 kgfm, e 160 kW (218 cv) e 30,6 kgfm. De acordo com a Renault, em ambas as opções o Mégane elétrico pode acelerar de 0 a 100 km/h em 7,4 segundos. O carro tem autonomia para rodar até 470 quilômetros.

A Renault apresentou no Salão de Mobilidade de Munique o carro-conceito Renault 5, com visual vintage

RENAULT/DIVULGAÇÃO

A Renault apresentou no Salão de Mobilidade de Munique o carro-conceito Renault 5, com visual vintage, mas com motorização elétrica, e que antecipa modelo de produção que deve chegar até 2025.

O Protótipo Renault 5, exposto no estande da empresa francesa no IAA 2021 Munich Motor Show, será construído sobre a nova plataforma CMF-BEV do grupo Renault, destinada a pequenos carros elétricos.

A utilização da nova plataforma e das novas tecnologias utilizadas nas baterias (à base de níquel, manganês e cobalto) permitirão reduzir em um terço os custos de produção

Porsche Mission R ConceptPorsche Mission R Concept –Foto: Porsche

Porsche Mission R
O conceito Mission R antecipa a visão da Porsche sobre o automobilismo no futuro, e sobre o possível sucessor do modelo 718. O visual chama a atenção, e combina tecnologias de ponta e materiais sustentáveis, como plásticos reforçados com fibras naturais. O Porsche Mission R é equipado com dois motores elétricos, que oferecem potência combinada de até 1.088 cv. Ele acelera de 0 a 100 km/h em apenas 2,5 segundos, e a Porsche promete uma velocidade máxima acima dos 300 km/h. Graças a um sistema de 900 volts, a bateria pode ser recarregada até 80% em apenas 15 minutos.

Volkswagen ID.LIFE
Volkswagen ID.LIFE

Foto: Volkswagen

Volkswagen ID.LIFE
Revelado no último domingo (5), o conceito Volkswagen ID.LIFE antecipa o futuro ID.1 (ou ID.2), que será o menor modelo da linha elétrica ID. Com carroceria crossover, o ID.LIFE conta com linhas inspiradas na primeira geração do Golf. O motor elétrico oferece 234 cv de potência, e o alcance fica em torno de 400 km. Os retrovisores são substituídos por câmeras e telas, e é possível controlar diversas funções do carro através de um smartphone ou pelo volante de formato hexagonal. Previsto para estrear em 2025, a versão de produção do ID.Life deve partir de 20.000 euros (cerca de R$ 122.760).

.

Fonte: Autos Carros/R7

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Solve : *
24 + 22 =