O Musical possui classificação indicativa de 12 anos e consiste em uma compilação de cenas de cinco espetáculos aclamados pela crítica: “A Família Addams”, “Chicago”, “Wicked”, “Nine” e “Sweet Charity”

A Escola do Futuro de Goiás em Artes Basileu França, instituição vinculada à Secretaria de Estado de Desenvolvimento e Inovação (Sedi), por meio da Coordenação de Dança, apresenta o espetáculo virtual “Um Musical de Musicais”, nos dias 10 e 11 de dezembro, às 20 horas. A atração, que é realizada em parceria com o Instituto de Educação em Artes Professor Gustav Ritter, será transmitida via canal do YouTube – youtube.com/basileufrancaartes. Os ingressos podem ser adquiridos pelo site da escola.

O Musical possui classificação indicativa de 12 anos e consiste em uma compilação de cenas de cinco espetáculos aclamados pela crítica: “A Família Addams”, “Chicago”, “Wicked”, “Nine” e “Sweet Charity”. Tendo surgido sob as perspectivas do diretor artístico Fábio Almeida e do ator Marcos Noel, ambos atuantes na área de Dança do Basileu França, inicia-se, assim, a construção mista para as possibilidades de entretenimento do público em uma só apresentação.

A cenografia e figurino continuam a retratar com fidelidade os episódios históricos em sua dramaticidade, comicidade e romance, envolvidos pelas tramas das cenas interpretadas pelos atores, que são alunos da Dança no Basileu França e do Instituto Gustav Ritter, além de outros convidados.

Foto: Divulgação

Com habilidade e talento, atores e bailarinos proporcionarão brilho ao espetáculo, contando com coreografias que foram gravadas no Teatro Rio Vermelho, respeitando-se todos os protocolos para a prevenção da Covid 19. Outras coreografias foram realizadas em locais públicos e até mesmo nas residências dos próprios alunos/bailarinos, a fim de proporcionar um espetáculo atrativo, que é fruto da formação em Dança, em suas diversas modalidades, na Escola do Futuro de Goiás em Artes Basileu França.

A diretora-geral do espetáculo e coordenadora da Área de Dança do Basileu França, Simone Malta, destaca a importância do trabalho realizado. “Esse processo difícil que todos sofremos devido ao distanciamento social, onde os teatros e a arte foi imensamente afetada, como muitas outras áreas, apesar de frustrações, possibilitou o que temos agora com a participação de alunos, professores e equipe técnica, um produto de arte que só a persistência e crença em perspectivas positivas permitem ir adiante, explorando a arte em sua potencialidade”, afirma.

Sobre a Escola do Futuro de Goiás em Artes Basileu França

A Escola do Futuro de Goiás em Artes Basileu França teve origem em 1967, na Escola de Artes Veiga Valle. A instituição possui como missão oferecer capacitação artística, desde o início até a formação superior, nas seguintes áreas: Arte Educação, Arte Inclusão, Artes Visuais, Circo, Dança, Música, Superior de Tecnologia em Produção Cênica e Teatro. Atualmente, diversos grupos da Escola de Arte são reconhecidos nacional e internacionalmente, como o Balé do Teatro-Escola Basileu França, a Orquestra Sinfônica Jovem de Goiás (OSJG), dentre outros.

Fonte: Sedi – GO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Solve : *
48 ⁄ 24 =