Foto: Divulgação/GDF Presente

Serviços são intensificados antes das primeiras chuvas da primavera. Só no Gama, 350 buracos já foram tapados

Máquinas pesadas de pavimentação asfáltica estão espalhadas por diversos pontos do Distrito Federal revitalizando as rodovias e principais vias das 33 regiões administrativas. O GDF Presente se soma a esse esforço de manter a qualidade no trânsito dos veículos. Com ajuda das administrações regionais, o programa já identificou e catalogou 17 mil buracos e coloca a mão na massa ajudando na manutenção das vias, num esforço concentrado antes de começar a temporada de chuvas.

“É uma demanda grande de moradores por todo o DF, que chegam até a gente pelas ouvidorias. Tapar os buracos, recapear vias muito danificadas, além do trabalho de revitalização, que passa pela iluminação pública, troca de bocas de lobo, limpeza e pintura das vias”, explica o subsecretário de desenvolvimento regional da Secretaria de Cidades, Flávio Araújo.

No levantamento do GDF Presente, seis cidades foram apontadas com situações mais críticas: Gama, Samambaia, Ceilândia, Taguatinga, São Sebastião e Arniqueiras. Por isto, essas regiões são áreas prioritárias para os trabalhos de recuperação do asfalto.

No Gama, há 1.990 buracos a serem tapados | Foto: Divulgação

O Gama, por exemplo, fez um trabalho minucioso e listou 1.990 buracos em toda a sua extensão. Um documento identificou bairro por bairro onde eles estão e também o tamanho (P, M, G e GG). “O negócio estava feio, viu? Tem umas ruas aqui no Gama com buracos há mais de 4 anos e ninguém fazia nada. No Setor Central, próximo à Rodoviária, tem pra todo lado. Agora, a gente tem visto as máquinas nas ruas e acho que vai melhorar”, aposta Rômulo Gomes, autônomo, morador do Setor Leste.

20toneladas de massa asfáltica são usadas diariamente para tapar os buracos nas ruas do Gama

Desde a quinta-feira (27), a operação na cidade acontece em dois períodos e 350 buracos já foram tapados. De acordo com a Administração, o Setor Central e o Setor de Indústria já foram concluídos. Na próxima semana, os setores Oeste e Sul estão na rota. Vintes toneladas de massa asfáltica são usadas diariamente na recuperação das ruas.

“Nossa malha viária é muito antiga e precisávamos resolver esse problema. Então montamos frentes de trabalho com os servidores para se dividir por toda a cidade. O objetivo é zerar esses buracos até o início de outubro”, revela a Administradora, Joseane Monteiro.

Outras regiões

A massa asfáltica para as ações é providenciada pela Novacap, além de grande parte do maquinário dividido com terceirizadas. A mão de obra , além de servidores das Administrações, é composta por reeducandos do sistema prisional coordenados pela Funap.

Lago Norte | Foto: Divulgação

Na última sexta-feira, o Polo Central Adjacente 1 atuou nas vias do Setor de Mansões do Lago Norte. Nas MI e ML 4, foram tapados cerca de 30 buracos, duas ruas foram recapeadas e duas toneladas de massa asfáltica usadas.

O Pólo Norte também esteve em ação no Arapoangas e Vale do Amanhecer, em Planaltina, onde foram utilizadas oito toneladas de asfalto. Além de Sobradinho I, com homens trabalhando nas Quadra 1 e em quatro áreas residenciais de Sobradinho II, além do setor de mansões.

As vias que são recapeadas, passam em seguida por ações do Detran e DER que cuidam de sinalização e pintura.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Solve : *
29 − 26 =