País ofereceu uma prévia do museu, em outubro, e visitantes mergulharam perto de naufrágio de 2.400 anos, observando barcos, animais e corais

Imagine um museu, com diversas relíquias emocionantes para ver e tocar, mas… no fundo do mar? Pois a Grécia criou o museu dos naufrágios de Peristera, o primeiro subaquático do mundo. A novidade, prevista para abrir oficialmente em junho de 2021, já mostrou uma prévia ao público, como um período de testes, que terminou no fim de outubro.

Visitantes poderão nadar e ver as belezas desse museu subaquático

Nessa primeira abertura, mais de 300 pessoas conheceram o museu subaquático, incluindo 250 mergulhadores visitantes. Mergulhando a uma profundidade de 24 metros, os guias mostraram aos visitantes o naufrágio de Peristera, com 30 metros de comprimento. O navio permanece encalhado onde naufragou, há 2.400 anos, enquanto carregava uma carga de vinho e talheres de barro. Seu nome deriva de uma ilha vizinha, desabitada.

Musa

Foto: Divulgação

A ideia é que mergulhadores experientes possam descer ao museu subaquático acompanhados por um guia. Já os que não mergulham podem ter aulas em centros credenciados.

Localizado no Parque Nacional Marinho de Alonissos e Espórades do Norte, a primeira Área Marinha Protegida estabelecida na Grécia e a maior da Europa, o museu subaquático permitirá que os visitantes também tenham a chance de observar mais de 300 espécies de peixes, focas-monge do Mediterrâneo e lindos corais.

Para quem não pretende mergulhar, cinco câmeras subaquáticas irão mostrar aos visitantes o que está ocorrendo debaixo das águas, incluindo uma que funcionará com transmissão ao vivo de 24 horas.

 

Fonte: IRTZ Do R7

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Solve : *
7 × 10 =