Wander Roberto/Inovafoto/CBV/Direitos Reservados

Projeto chega ao final após sete temporadas na Superliga

O Maringá anunciou o encerramento da equipe de vôlei masculino. O time, que disputou as últimas sete edições da Superliga, anunciou o encerramento dos trabalhos e a entrega da vaga no campeonato.

O ex-levantador, campeão olímpico, bicampeão mundial e gestor do projeto, Ricardinho, afirmou que a falta de apoio foi fatal: “Infelizmente, em um campeonato formado por gigantes, não tivemos o suficiente para brigar de igual para igual. Fizemos bonito, chegamos à sexta posição no primeiro ano, e nos outros dois tivemos uma boa atuação. Porém, sem patrocinadores, as edições seguintes foram marcadas por lutas constantes em busca de apoio da iniciativa privada e dos governos municipal e estadual”.

Ricardinho destacou que a torcida do município paranaense fez o seu papel. Sendo escolhida, segundo ele, como a “maior torcida do Brasil” em todos os anos. Desta forma, segundo o agora dirigente, enalteceu o nome de Maringá e do Paraná no âmbito nacional e internacional.

Foto; Divulgação/Maringá

“Mas, infelizmente, faltou a famosa atenção ao esporte dos poderes públicos e do incentivo da classe empresarial. Isso poderia ter mudado a história do vôlei maringaense, que dificilmente voltará a atuar entre os 12 melhores time de vôlei do Brasil”, lamentou.

 

Fonte: Agência Brasil

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Solve : *
17 − 15 =