Em 2020, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) revelou que, nos últimos cinco anos, aumentou no Brasil cerca de 3 milhões o número de pessoas sem acesso regular à alimentação básica, chegando a, pelo menos, 10,3 milhões o contingente nesta situação. Não temos dúvidas de que a segurança alimentar, não só no país, mas como no mundo todo, é um dos grandes desafios do século.

A indústria de alimentos, considerada atividade essencial, continuou produzindo durante a pandemia da Covid-19. O setor assumiu o compromisso de trabalhar com segurança para abastecer o País e reforçou suas ações de responsabilidade social, apoiando a sociedade no enfrentamento ao coronavírus, e também no combate à fome. De acordo com a ABIA (Associação Brasileira da Indústria de Alimentos), até junho de 2020, as empresas do setor tinham doado mais de 2.7 mil toneladas de alimentos.

Na Kellogg, produtora global de alimentos, o combate à fome é prioridade em sua agenda por meio do programa Dias Melhores, que tem por objetivo auxiliar e acabar com a fome de 3 bilhões de pessoas até o final de 2030. E o que temos feito para isso até então?

Desenvolvemos e executamos nossa estratégia Espírito e Coração, que é composta por quatro pilares: nutrir as pessoas com nossos alimentos, alimentar pessoas necessitadas, cuidar de nosso planeta e viver os valores de nosso fundador. Dentro desses pilares, temos como meta nutrir e impactar com esses valores 1.5 bilhão de pessoas, alimentar 375 milhões de necessitados e cuidar das pessoas e do planeta apoiando 1 milhão de agricultores.

Especificamente no Brasil, em 2020, direcionamos 180 toneladas de alimentos para mais de 6 milhões de brasileiros. Parte dessa quantia foi destinada para garantir que famílias em situação de vulnerabilidade tivessem acesso à alimentação durante a pandemia que teve início em março do ano passado. A distribuição de todos esses alimentos foi viabilizada pelo Programa Mesa Brasil Sesc, que integra a Rede Nacional de Bancos de Alimentos, e também por meio de acordos com o poder público e outras empresas. Cidades como Chapecó, Joinville e São Lourenço do Oeste, em Santa Catarina; Natal e Mossoró, no Rio Grande do Norte; e Belo Horizonte em Minas Gerais, receberam os alimentos.

Realizamos ações dessa natureza todos os meses, mas o Dia Mundial da Alimentação é especial para nós. No ano passado, para celebrar a data, direcionamos 21,8 toneladas de alimentos para o estado de Santa Catarina, onde nossa empresa está instalada e desempenha um forte papel social e econômico. Essa quantidade representou mais de 900 mil porções de alimentos e alcançou pessoas que realmente precisavam por meio do Programa Mesa Brasil Sesc, nosso parceiro desde 2019 em Santa Catarina.

A data traz à tona a importância da segurança alimentar e do acesso à alimentação constante e de boa qualidade – questões que se relacionam com os compromissos que firmamos. Entendemos que a ocasião também seria perfeita para a conscientização sobre a importância do reaproveitamento de alimentos. Durante uma live realizada pela Kellogg com a participação do chef Carlos Bertolazzi em outubro de 2020, assistida por centenas de pessoas, na qual o chef apresentou uma receita de Fritatta, utilizando os talos de couve manteiga, que normalmente são desperdiçados e sobras de macarrão cozido.

Em 2021, temos alimentado mensalmente pessoas em situação de vulnerabilidade. Em apenas dois meses e meio já conseguimos realizar a doação de 39 toneladas de alimentos – o total projetado para o ano é algo entre 80 e 100 toneladas –, que irão garantir amparo a diversas famílias. É gratificante colaborar para que mais e mais pessoas tenham uma vida digna, com comida em suas mesas. Assim como todo o setor, entendemos que ainda há um longo caminho a ser percorrido na luta contra a fome. Até lá – e mesmo depois – continuaremos com nossos esforços para viver em um mundo melhor e sem fome, honrando os valores de William Keith Kellogg, nosso fundador.

ROBERTO VÁZQUEZ

Diretor de assuntos corporativos da Kellogg para América Latina

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Solve : *
30 ⁄ 15 =