Esportivo ganha visual invocado que remete ao estilo original do Mach 1 de 1969

RESUMINDO A NOTÍCIA

  • Mach 1 se distingue pelo pára-choque aerodinâmico
  • Mach 1 traz itens de auxílio à condução e conectividade bem atualizados
  • Ford não especificou quantas unidades do carro estarão disponíveis no mercado
  • Modelo tem câmbio automático de dez velocidades

Ford não especificou quantas unidades do carro estarão disponíveis no mercado

FORD/REPRODUÇÃO
mustang mach 1 2021

Ford lança nesta sexta-feira (16) no mercado brasileiro o Mustang Mach 1, versão apimentada do clássico da marca que ganha roupagem esportiva, motor V8 mais forte em relação ao GT e Black Shadow e uma lista de itens derivada de modelos lendários como o próprio Shelby GT500, GT350 e Bullitt.

O R7 Autos Carros teve acesso às informações em uma coletiva de imprensa antecipada e reservada dias antes deste lançamento. Em processo de renovação da marca, a Ford prepara outras novidades e o Mach 1 chega como parte dessa estratégia ao oferecer opção esportiva pela primeira vez de forma oficial no nosso mercado.

Bólido tem controle de modos de condução com sete configurações

FORD/REPRODUÇÃO
ford mustang 2022
ford mustang mach 1 2021

Pacote visual esportivo
Visualmente o Mach 1 se distingue pelo pára-choque aerodinâmico, as listras no capô, rodas, aerofólio e outros itens exclusivos. Internamente as referências ao modelo original continuam presentes no estilo dos bancos em couro e no emblema do painel específico do modelo.

Motor mais forte
O motor V8 5.0 tem 483cv e 57,7kgfm de torque, 17cv a mais que a versão Black Shadow por exemplo, acoplado ao câmbio automático de dez velocidades (não há opção de câmbio manual), com novo conversor de torque e segundo radiador de óleo para melhorar a performance. A suspensão adaptativa Magneride tem calibração específica para o Mach1 com barra estabilizadora redimensionada e buchas do Shelby GT500.

Esportivo tem câmbio automático de dez velocidades

FORD/REPRODUÇÃO
mustang mach 1 2021
ford mustang mach 1 2021
mustang mach 1 2021

Do modelo mais forte também são herdados o defletor traseiro, spoiler, ponteira do escapamento e sistema de arrefecimento do diferencial traseiro. E vai além. Segundo a Ford a nova grade e novo defletor dianteiro melhoram o fluxo de ar para o resfriamento do sistema e são herdados do Bullitt assim como a barra anti torção do cofre do motor.

Modelo tem motor V8 mais forte em relação ao GT e Black Shadow

FORD/REPRODUÇÃO
ford mustang mach 1 2021
mustang 2022
ford mustang mach 1 2021

Outra melhoria são dos itens herdados do GT350 como o coletor de admissão, corpo de borboleta maior (para entrada de ar no sistema de alimentação) e radiador da transmissão.

Outra melhoria são dos itens herdados do GT350 como o coletor de admissão

FORD/REPRODUÇÃO

Segurança e tecnologia
Apesar da herança vintage o Mach 1 traz itens de auxílio à condução e conectividade bem atualizados. Traz alerta de colisão e frenagem automática, assistente de permanência em faixa e conjunto com oito airbags, controles de tração e estabilidade, freio a disco Brembo (dianteiro) com pinças de alumínio redimensionadas, assistente de partida em rampa, sensores de estacionamento com câmera de ré entre outros itens.

Mach 1 tem painel digital de 12 polegadas customizável

FORD/REPRODUÇÃO

Para a conectividade o Mach 1 tem painel digital de 12 polegadas customizável, escapamento com ajuste de ronco (4 modos incluindo o “pista”, mais aberto), controle de modos de condução com sete configurações o som Bang&Olufsen atua com a multimídia que usa o sistema Sync 3 e conexão com Apple CarPlay e Android Auto e conjunto de 12 alto falantes de 1.000 watts além de subwoofer de oito polegadas.

Mach 1 se distingue pelo pára-choque aerodinâmico, as listras no capô, rodas, aerofólio e outros itens exclusivos

FORD/REPRODUÇÃO

O novo Mach 1 está disponível na rede de revendedores Ford pelo valor único de R$ 499 mil. Apesar de tratar o Mach 1 como uma versão limitada a Ford não especificou quantas unidades do carro estarão disponíveis no mercado brasileirinho. Pelo visto a demanda é que irá dizer qual o apetite dos consumidores por um modelo mais exclusivo.

mustang mach 1

mustang mach 1

A história do Mustang Mach 1

Mach 1 é o nome original de uma lendária versão do Ford Mustang lançada no final da década de 1960 nos Estados Unidos, este nome faz uma referencia a velocidade do som (Mach 1), já que no mesmo ano de seu lançamento em 1969, o Concorde foi o primeiro avião de uso civil a conseguir ultrapassar a velocidade do som, que é de 1234 km/h.

A Ford sempre teve uma ligação e obsessão por aviões, inclusive no lançamento do carro a marca chegou a chamar o ex-piloto da força aérea americana Chuck Yeager, que foi o primeiro a quebrar a barreira do som com o avião experimental supersônico, Bell X-1 Rocket, em 1947.

Claro que o Mustang Mach 1 original com o seu modesto motor 428, V8, 5.8 litros de 253 cv, ficava muito longe da velocidade do som, porém o carro surpreendeu a todos, era muito rápido, bateu 295 recordes de velocidade e resistência no deserto de sal de Bonneville nos Estados Unidos, em uma destas provas o Mustang alcançou a velocidade média de 249 km/h em uma prova de 500 milhas em março de 1969, marcando um novo recorde para um carro produzido em série com motor original. O Mach 1 também se sagrou campeão de rali SCCA dois anos em 1969 e 1970.

 

Fonte: AUTOS CARROS | Marcos Camargo Jr/R7

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Solve : *
2 + 30 =