Foto: Divulgação

Picape mais potente do mundo apela a motor de 712 cv para ameaçar o reinado da F-150 Raptor

O reinado da Ford F-150 Raptor entre as picapes preparadas de fábrica pode estar ameaçado. A versão definitiva da RAM Rebel TRX finalmente foi apresentada nos Estados Unidos, quatro anos após ser mostrada como conceito e classificada como a mais rápida e potente picape de produção em série do mundo.

Baseada na RAM 1500 Rebel, a TRX é equipada com o poderoso motor V8 de 6.2 litros sobrealimentado com compressor mecânico. Movido a gasolina, o propulsor compartilhado com o Dodge Challenger SRT Hellcat entrega nada menos que 712 cv de potência e 89,7 kgfm de torque.

Só para comparar, o V6 de 3.5 litros biturbo a gasolina da F-150 Raptor rende “apenas” 456 cv e 70,5 kgfm (veja aqui a avaliação do modelo).

Diferentemente das demais versões da RAM, a transmissão automática de oito marchas teve o seletor giratório substituído por uma alavanca. O câmbio foi aprimorado para enviar a força do motor às quatro rodas por meio do sistema de tração integral com caixa de transferência BorgWarner. Segundo a fabricante, a RAM Rebel TRX acelera de 0 a 60 milhas por hora (96 km/h) em apenas 4,5 segundos e percorre o quarto de milha (400 metros) em 12,9 segundos a 174 km/h.

Por questões de segurança devido ao peso e aos 30 centímetros de altura em relação ao solo, a velocidade máxima é limitada em 190 km/h.

Como na rival F-150 Raptor, a RAM Rebel TRX é dotada de recursos eletrônicos que atuam no motor, câmbio, tração e suspensão para favorecer o desempenho no off-road. O modelo conta até com controle de largada e modos de condução de acordo com o tipo de terreno (incluindo a função Baja, presente na F-150 Raptor).

Mas não é só o motorzão potente que faz da picapona uma fera que topa encarar praticamente qualquer desafio no fora-de-estrada. As suspensões preparadas com amortecedores adaptativos Bilstein e molas especiais ampliaram a capacidade de absorção de impactos ao mesmo tempo em que proporcionam estabilidade em altas velocidades, mesmo em pisos acidentados. Na traseira, A RAM apostou em um novo sistema de cinco pontos de fixação com molas helicoidais e eixo Dana.

Para acomodar as rodas de 18 polegadas calçadas em pneus todo-terreno Goodyear Territory de 35 polegadas, desenvolvidos exclusivamente para a picape, a RAM teve de alargar os para-lamas, de modo que o conjunto de rodagem não ultrapasse os limites da carroceria.

Apesar de todo o potencial para rodar em condições severas e do motor mais potente da categoria, a RAM Rebel TRX não é muito chegada em trabalho pesado. A capacidade de carga de 594 kg é menor que a de uma picape pequena, embora a picape consiga rebocar 3.674 kg.

O visual da RAM Rebel TRX é reforçado por uma grade frontal preta, que dá uma aparência de máscara ao redor dos faróis de LED. O capô conta com um ressalto para acomodar e permitir a passagem de ar ao supercharger (compressor), além de fendas para a refrigeração do motor.

O interior possui detalhes que reforçam a esportividade da picape, como bancos revestidos de couro preto perfurado com costuras vermelhas e apliques imitando fibra de carbono no painel. Os clientes podem optar pelos pacotes de personalização da cabine TR1 e TR2, sendo o primeiro o mais luxuoso, baseado na RAM 1500 Limited e com direito a bancos com aquecimento e ventilação.

A picape ainda pode ser personalizada com uma série de acessórios Mopar. Há desde adesivos e luzes auxiliares instaladas sobre o santoantônio a um suporte na caçamba, que permite levar um estepe extra em incursões em locais isolados.

A RAM Rebel TRX será lançada nos Estados Unidos nos próximos meses com preço inicial de US$ 69.995 (cerca de R$ 367.500 em conversão simples na cotação atual). A série especial de lançamento, limitada a 702 unidades, parte de US$ 90.315 (R$ 495.800).

Fotos: Divulgação

SOBRE O AUTOR

Guilherme Silva

Editor. Começou a trabalhar no Carsale em 2012, mas gosta e acompanha o universo automotivo desde que se conhece por gente. Prefere carros compactos e práticos, mas se diverte da mesma forma quando avalia um utilitário no fora-de-estrada ou acelera um superesportivo num autódromo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Solve : *
19 + 24 =