Crossover compacto em sua roupagem mais simples entrega itens de segurança e desempenho que concorrentes não tem por um preço menor

RESUMINDO A NOTÍCIA

  • Modelo é o mais acessível da linha por R$ 244,9 mil
  • Potência combinada é de 262cv com 42kgfm de torque
  • Bem equipado fica devendo só um bom teto solar
  • Visual é atualizado com novas rodas que diminuem arrasto
Modelo sai por R$ 244,9 mil

MARCOS CAMARGO JR.

Na linha 2021 o Volvo XC40 Recharge segue como opção híbrida uma vez que os modelos com motor a combustão foram descontinuados pela marca sueca. Agora, avaliamos em detalhes a versão Momentum, a mais em conta da marca Volvo à venda no país por R$ 244,9 mil. Vale a reflexão que o modelo custa bem menos que concorrentes como Mercedes Benz GLA e Audi Q3 S Black com a vantagem do motor híbrido e ainda mais em conta que um modelo médio com a mesma solução como o Toyota RAV4.

Em termos visuais o Volvo XC40 se mantém alinhado ao DNA da marca. Farois com o “martelo de Thor”, grade cromada ampla, apliques nas caixas de roda e outros detalhes são os mesmos. Porém as rodas de 19 polegadas ganham um desenho fechado para diminuir o arrasto e aumentar a eficiência do motor. Em termos de identificação o motor T5 está identificado por um emblema traseiro bem como a inscrição “Recharge” em baixo relevo na coluna C.

ANDEI NO VOLVO QUE FAZ 24km por litro! Conheça o XC40 Hybrid Plug-in. Veja o vídeo!

Por dentro embora seja uma versão mais acessível a Momentum se mantém com a boa qualidade percebida. Metais de toque frio, couro e plástico mesclam-se com requinte. Neste caso só falta mesmo o teto solar, algo sempre esperado em um modelo de marca premium. A tela vertical de 9 polegadas concentra os comandos de entretenimento (rádio, bluetooth além de Apple CarPlay e Android Auto), climatização com sistema dual zone e o controle dos modos de condução onde é possível selecionar os modos híbrido, power (combinando motor a combustão e elétrico), pure (somente elétrico) e individual com controles ajustados pelo motorista.

Volvo XC40 se mantém alinhado ao DNA da marca

MARCOS CAMARGO JR.

Ergonomia e desempenho
O motor do XC40 é o T5 Twin Engine com dois motores; um elétrico complementar com 82cv, e outro 1.5 turbo a gasolina com 180cv. Combinados, os dois resultam em 262cv e 42,5kgfm de torque. O câmbio automatizado de sete marchas tem um trabalho ágil e quese imperceptível nas trocas. O motor elétrico pode ser recarregado em tomadas adaptadas por meio de um cabo específico fornecido pela Volvo. No modo híbrido a combinação entre bateria carregada funcionando com o motor a combustão resulta em médias de 22km/litro. No modo puramente elétrico ele roda até 47km sem uso do motor a gasolina.

Porta-malas tem 460 litros

MARCOS CAMARGO JR.

A posição de dirigir é elevada com bancos em couro claro. Com o cluster digital de 12 polegadas e poucos comandos físicos o XC40 traz o essencial com tecnologia e sem excessos. Nesta versão outra “simplicidade” é a ausência da alavanca do câmbio em cristal assim como o som premium. Mas isso não desabona em nada a experiência de condução do carro que tem suspensão calibrada para o conforto. O porta malas tem bons 460litros e o rebatimento dos bancos pode ser parcial ou total para levar carga, se necessário.

Tela vertical de 9 polegadas concentra os comandos de entretenimento

Tela vertical de 9 polegadas concentra os comandos de entretenimento

MARCOS CAMARGO JR. 29.04.2021

Pelo valor cobrado de R$ 244,9 mil o XC40 Recharge Momentum expressa bem a transição da marca Volvo rumo aos modelos elétricos. Viável, o modelo híbrido consegue oferecer desempenho com 262cv ou economia do motor elétrico combinado. Para quem não quer alçar voos mais longos nas versões mais caras, o Momentum atende bem a sua proposta e custa hoje menos que os concorrentes premium e até mesmo que um Toyota RAV4 entregando mais diversão ao volante.

 

 

 

 

Fonte: AUTOS CARROS | Marcos Camargo Jr

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Solve : *
24 − 23 =