Crossover compacto da JAC ganha itens importantes mas mantém motor 1.6 a gasolina e câmbio CVT

T40 Plus foi apresentado no final de dezembro pela JAC Motors e talvez o leitor do R7 sequer tenha notado as mudanças. Novos faróis, grade e pára-choque modificam levemente o estilo do crossover.

T40 Plus manteve o conjunto mecânico 1.6 DVVT de 138cv

NOVO JAC T40 Plus 2021detalhes e impressões – melhor q Duster, Tracker, Kicks, Creta, T-Cross e HR-V. Veja o vídeo!

Mas o principal é que ele está mais equipado ao ganhar um teto solar elétrico, novas rodas aro 16 e uma nova multimídia de 10 polegadas. Também são itens de série controles de estabilidade e tração e farois com acendimento automático, sensor de monitoramento de pneus e alerta de obstáculos. E o R7 Autos Carros testou as novidades do T40 Plus durante uma semana.

 T40 tem bom curso de amortecedores

É suficiente?

Mais competitivo o T40 Plus manteve o conjunto mecânico 1.6 DVVT de 138cv de 17,1kgfm de torque acoplado ao câmbio do tipo CVT. Se por um lado ele é um dos mais potentes da categoria (o Renegade com motor 1.8 tem 139cv) por outro ainda há dois deslizes: o motor é alimentado somente por gasolina e a conexão do CVT ainda tem relações, por vezes confusas com o motor. Não que seja ruim mas é preciso se acostumar.

Modelo conta com uma nova multimídia de 10 polegadas

O câmbio leva cerca de um segundo para “entender” o comando de ré ou aceleração para sair da inércia. Ainda assim o desempenho do carro, assim como o consumo são satisfatórios. Na cidade o JAC T40 Plus faz facilmente 11,5km/litro e na estrada 14km/litro seguindo o computador de bordo do veículo.

Na cidade o JAC T40 Plus faz facilmente 11,5km/litro e na estrada 14km/litro

Apesar do controle de estabilidade e tração e freios a disco nas quatro rodas o T40 fica devendo um conjunto mais completo de airbags contando somente com duas bolsas.

T40 tem bancos com boa ergonomia

Ponto a ser elogiado: o conforto a bordo do carro chega a superar concorrentes tradicionais. Ajustado para o conforto o T40 tem bom curso de amortecedores e o acabamento em geral é muito bom: dos bancos com boa ergonomia aos comandos do painel, tudo é bem montado no Crossover.

T40 é de fato um bom competidor neste disputado segmento

Apesar de nova e com tela bem grande a multimídia tem comandos ainda lentos e a resolução da câmera não é das melhores. Mas agora tem Apple Car Play e Android auto além de bluetooth e rádio.

Câmbio leva cerca de um segundo para “entender” o comando de ré ou aceleração

O T40 é de fato um bom competidor neste disputado segmento. Com preços a partir de R$ 79,9 mil chega a R$ 88,9 mil como mostrado nesta matéria. Na grande São Paulo a JAC tem seis concessionárias além de Santos, São José do Rio Preto e Ribeirão Prero, duas no Rio de Janeiro e está presente em Curitiba, Porto Alegre, Florianópolis (e também Brusque), Brasília, Recife, Vitória, Cuiabá, Londrina, Salvador e Vitória da Conquista, Belo Horizonte, Natal, Aracaju, Campo Grande e Palmas.

A lista de equipamentos permanece majestosa e convidativa aos clientes que desejam ingressar no segmento de SUV´s:

  • Travamento automático das portas a 15 km/h;
  • Aviso de cinto não acoplado (piloto e copiloto);
  • Freios com ABS e EBD;
  • BAS – Brake Assist System (assistente para frenagens de pânico);
  • BOS – Brake Overide System (pedal “inteligente” de freio);
  • ESP – Eletronic Stability Program (controle eletrônico de estabilidade);
  • TCS – Traction Control System (controle eletrônico de tração);
  • HSA – Hill Start Assist (assistente de partida em rampas);
  • TPMS – Tire Pressure Monitoring System (sistema de monitoramento da pressão dos pneus);
  • Freios a disco nas quatro rodas (ventilados na dianteira);
  • Sensor de estacionamento dianteiro e traseiro;
  • Luzes diurnas de LED;
  • Luzes de conversão estática – faróis seguem o movimento de esterçamento do volante em baixas velocidades para auxiliar nas manobras;
  • Retrovisor interno antiofuscante;
  • Função GSI (Indicador de troca de marchas, versão MT);
  • Função “Follow Me Home”;
  • Abertura interna da tampa do tanque de combustível;
  • Trava elétrica das 4 portas e da tampa do porta-malas;
  • Imobilizador;
  • Alarme antifurto;
  • Cruise control (controlador de velocidade), acionado por teclas no volante;
  • Espelhos retrovisores externos com ajuste elétrico;
  • Faróis com regulagem elétrica de altura do facho;
  • Faróis com acendimento automático em função da luminosidade (sensor crepuscular);
  • Volante revestido em couro;
  • Banco do Motorista com ajuste de altura;
  • Dois assentos com Isofix;
  • Rodas de liga leve com 16 polegadas, pneus 205/55 R16;
  • Direção com assistência elétrica;
  • Comandos de áudio no volante de direção;

A versão CVT ainda inclui os seguintes dispositivos:

  • Sistema start-stop;
  • Ar-condicionado eletrônico com ajuste automático de temperatura;

Em ambas as versões, o cliente mais exigente pode, ainda, exigir o Pack 3, que acrescerá somente R$ 3 mil, e incluirá bancos em couro ecológico e câmera de ré.

As versões já consolidadas no mercado nacional foram mantidas. O JAC T40 Plus MT desfruta de motor 1.5 VVT 16V JetFlex, que desenvolve a potência de 125 cv (gasolina) e 127 cv (etanol), com torque máximo de 152 Nm e 154 Nm, respectivamente, com câmbio manual de cinco velocidades. Já a versão Plus CVT inclui o motor 1.6 DVVT 16V, a gasolina, com 138 cv e 17,1 kgfm.

 

Por MARCOS CAMARGO JR.

Fotos: JAC MOTORS/REPRODUÇÃO

 

Fonte: AUTOS CARROS/ r7

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Solve : *
14 ⁄ 7 =