Modelo é comercializado no México, Estados Unidos e Argentina

RESUMINDO A NOTÍCIA

  • Novo modelo tem motor 2.0 aspirado
  • Sedã tem 4.640 mm de comprimento
  • Porta-malas tem 466 litros
  • Carro era vendido no Brasil desde 2013

Segundo a montadora essa medida é um ciclo natural de vida do produto

NISSAN/REPRODUÇÃO

Vendido no Brasil desde 2013, o Nissan Sentra sai de linha no país. O modelo não é mais oferecido no site da montadora de origem nipônica. A nova geração do carro está prevista para o mercado brasileiro, porém ainda não tem uma data oficial para o lançamento, uma vez que a marca está fazendo uma série de avaliações antes de apresentá-lo. Com isso, o único sedã a ser comercializado pela empresa é o Versa.

Segundo a montadora essa medida é um ciclo natural de vida do produto. Contudo, o carro segue nos planos da marca. “A renovação do portfólio de sedãs faz parte da estratégia da Nissan no Brasil e está seguindo o ciclo natural de vida de cada produto. No caso do Sentra, o modelo segue nos planos da empresa, que ainda avalia fatores de adequação ao mercado e, por isso, não tem prazo para seu lançamento. Mas, a Nissan conta no país com o Novo Nissan Versa, que tem tamanho, conforto e tecnologia que o tornam muito competitivo mesmo contra modelos do segmento de sedãs médios”, resposta da Nissan para a reportagem.

Nova geração tem 2,710 mm de entre-eixos

NISSAN/REPRODUÇÃO

Novo Nissan Sentra
O novo Sentra já é negociado em outros mercados como o mexicano, onde é produzido na unidade fabril de Aguascalientes. Também é desta fábrica que o sedã médio é importado para a Argentina e Estados Unidos. Nestes países o carro ganhou tela de instrumentos de TFT de 7 polegadas, faróis em LEDs, chave presencial com partida no botão e central multimídia com conexão com Apple CarPlay.

Modelo tem central multimídia com conexão com Apple CarPlay

NISSAN/REPRODUÇÃO

Em relação a medidas, o sedã tem 4.640 mm de comprimento e 2,710 mm de entre-eixos, além de porta-malas de 466 litros, menor que o atual, que tem 503 litros. Além disso, conta com controles de tração e estabilidade, detector de movimentos de 360º, alerta de tráfego cruzado, farol alto automático, seis airbags, frenagem automática com detector de pedestre, alerta de ponto-cego e de colisão, entre outros equipamentos.

Contudo, a motorização foi mantida, ou seja, é um propulsor 2.0 aspirado, que entrega 147 cv e tem torque de 20,1 kgfm de força. A transmissão pode ser manual de seis marchas ou automática do tipo CVT.

Novo Sentra é produzido na unidade fabril de Aguascalientes, no México

NISSAN/REPRODUÇÃO

Concorrentes
Ao chegar no Brasil, o novo Nissan Sentra brigará com o Toyota Corolla, que recentemente ganhou uma versão esportiva, com o novo Honda Civic, além dos Volkswagen Jetta, Chevrolet Cruze, Caoa Chery Arrizo 6, Kia Cerato, que também deve ganhar atualização no país, entre outros modelos.

*Em colaboração Felipe Salomão

 

Fonte: AUTOS CARROS | Do R7

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Solve : *
18 ⁄ 9 =