O evento que conta com o apoio da Fapeg e será gratuito, tem como principal temática “Comunicação e Historicidade das Crises”

Nos dias 22 e 23 de março de 2021 será realizado o 5º Encontro Regional Centro-Oeste de História da Mídia – 5º Alcar Centro-Oeste. O evento, que será gratuito, tem como principal temática “Comunicação e Historicidade das Crises”. O tema foi pautado nacionalmente pela Rede na seguinte ementa: “O termo crise vem sendo usado recorrentemente por jornalistas e intelectuais, geralmente num sentido restrito, por exemplo, de “crise da agricultura”, “crise ambiental”, “catástrofe climática” ou “crises cíclicas do capitalismo”. Esse tema da Alcar procura pensar a crise como figura de historicidade, por meio da qual se interroga o contemporâneo sobre a sensação crônica de insegurança, desconfiança e medo em relação às instituições governamentais e sua capacidade de garantir bem-estar coletivo, ao sistema judiciário e sua capacidade de cumprimento da lei, à política e suas formas de representação, à saúde e suas práticas especializadas, à ciência e sua ideia de verdade.

Segundo informações do site da Alcar, a crise invoca a pergunta sobre o futuro histórico, para além da análise das conjunturas. Não se coloca apenas como uma instabilidade marcante no tempo presente, posto que opera numa lógica do risco, exigindo dos cidadãos e das instituições meios de prevenção e antecipação em relação a ameaças e perigos iminentes ou vindouros, mas também ansiedades pela reorganização de memórias coletivas e visibilidade de memórias individuais. Pensando a mídia como principal motor para essa percepção do mundo, o que as interfaces entre comunicação e história podem fornecer como chave de leitura para esse panorama distópico?

A proposta é discutir os desafios teóricos e metodológicos da historicidade dos processos comunicacionais em meio ao atual contexto de profundas instabilidades no âmbito político-institucional, das organizações midiáticas, da produção cultural, das identidades e das epistemes.

Já a proposta do sub-tema, “190 anos do Jornalismo Impresso no Centro-Oeste” partiu da Comissão Organizadora local, tendo em vista que em 2020 a circulação do primeiro exemplar do jornal “A Matutina Meiapontense”, o primeiro do Centro-Oeste brasileiro, completou 190 anos, assunto que será debatido na mesa redonda de encerramento do evento.

O evento conta com o apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Goiás (Fapeg).

Para inscrição e submissão de trabalhos, acesse o site: https://www.alcarco.com/

Fonte: Fapeg – Governo de Goiás 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Solve : *
9 ⁄ 3 =