A volta das cirurgias eletivas

Com a inauguração dos três hospitais de campanha, que começam a ser abertos ainda este mês, e da extensão do hospital de Samambaia – com mais 100 leitos – a rede pública de saúde do DF vai retomar as cirurgias eletivas. A primeira ideia é tirar todos os pacientes de covid-19 do HRAN, na Asa Norte, para que o hospital faça um grande esforço de cirurgias, já que é uma das unidades com maior variedade de clínicas. Com o reforço de pessoal e de equipamentos que teve ser feito durante a pandemia, o objetivo do governador Ibaneis Rocha é zerar as filas de cirurgias até o final do ano.

Diferentes, mas iguais

A Secretaria de Saúde explicou a confusão sobre os hospitais de campanha. Os cem leitos de cada unidade são iguais aos que estão instalados nas UTI, incluindo suporte para diálise, o que não acontece com leitos de UCI (Unidades de Cuidados Intermediários). A diferença é que os hospitais não têm centros cirúrgicos. Mesmo assim, essas novas estruturas vão suprir a necessidade de quem precisa de um leito de cuidado intensivo.

Enfim, a escritura das casas

Durante a entrega das escrituras das residências de 1.483 famílias da Vila São José, em Brazlândia, na manhã de ontem (22), o governador Ibaneis Rocha – que raramente critica seus adversários – não perdeu a oportunidade de espezinhar o seu antecessor no Palácio do Buriti. Disse ele que em 2017 houve uma tentativa de regularização, logo abandonada pelo governo Rollemberg, mas que a Certidão de Ônus que estava sendo entregue é o documento definitivo que os moradores esperavam desde 1995. O governador aproveitou para anunciar que a UPA da Vila São José deve ser inaugurada em julho, já que as obras estão 50% realizadas. Disse ainda que este ano deve ser licitada a obra de expansão do Hospital Regional de Brazlândia e a construção da rodoviária da região.

Carros na pista

As obras de recuperação do Autódromo de Brasília ainda não começaram, mas a inauguração já tem data para acontecer: dia 12 de dezembro será realizada a etapa de encerramento do campeonato de Stock Car, com os maiores pilotos brasileiros. O autódromo será reformado pelo Banco de Brasília, que assinou contrato de cessão com a Terracap, e é o banco oficial da categoria.

Protesto de papa-defuntos

O deputado distrital Chico Vigilante (PT) é um dos defensores das empresas funerárias do DF. Muito justo. Só não dá para entender porque ele defende que não seja feita licitação das outorgas de funcionamento das funerárias, até porque é uma exigência legal.

Homenagem a Roriz

O GDF inaugura na próxima semana o último dos 23 viadutos que compõem a nova saída norte do Distrito Federal. Com isso, entrega mais uma obra completa que, iniciada em 2014, enfrentou todo tipo de dificuldade nos governos anteriores, com inúmeras paralisações. Há dois anos, no entanto, as obras ganharam ritmo e as inaugurações foram acontecendo, livrando os mais de 500 mil moradores da região de engarrafamentos que começavam no meio do Eixão Norte e se estendiam até Sobradinho. Agora a saída norte ganha o nome de Complexo Viário Governador Roriz.

 

bsbagora@gmail.com

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Solve : *
10 − 10 =