Com baixa adesão, Secretaria de Educação amplia em 48h período para novatos garantirem vaga na rede pública

A Secretaria de Educação do DF ampliou o prazo para confirmação das matrículas: agora, os estudantes tem até o dia 11 de fevereiro, próxima quinta-feira, portanto, para acessar o site — www.educacao.df.gov.br — e enviar os documentos necessários para assegurar a vaga na escola para a qual se inscreveu.

A confirmação é necessária para os 31.092 novatos inscritos para entrar na rede pública no ano letivo de 2021 e também para os veteranos que pediram para mudar de escola. Assim como para os inscritos no programa de Educação de Jovens e Adultos (EJA).

Até este momento, o número de inscritos que confirmaram a matrícula é baixo. Dos mais de dois mil inscritos do EJA, só 117 confirmaram. Das matrículas regulares, só 7.732 confirmaram.

 Foto: Lúcio Bernardo Jr/Agência Brasília

Há, portanto, um grande número de estudantes que se inscreveram, mas ainda não garantiram a vaga na rede pública — para os veteranos que não pretendem mudar de escola, a matrícula é renovada automaticamente.

O subsecretário de Planejamento, Acompanhamento e Avaliação, Ernany Santos de Almeida, destaca a importância da confirmação das matrículas dentro do prazo. “Ampliamos o período para que todos os estudantes que fizeram a inscrição possam confirmar a matrícula e garantir a vaga na rede pública”, destacou.

Os pais e responsáveis que tenham dificuldades ou não tenham acesso à internet podem procurar a escola, por telefone ou e-mail, e fazer o agendamento para a efetivação da matrícula, frisa o subsecretário. “As unidades escolares devem criar estratégias para esse atendimento, de acordo com os horários de funcionamento, para evitar aglomerações”.

Ampliamos o período para que todos os estudantes que fizeram a inscrição possam confirmar a matrícula e garantir a vaga na rede públicaErnany Santos de Almeida, subsecretário de Planejamento, Acompanhamento e Avaliação

Em 2021, pela primeira vez na história, a confirmação das inscrições será feita completamente on-line. Após o início das aulas, os pais ou responsáveis serão chamados um por vez à escola para levarem os originais dos documentos. Trata-se de uma medida de segurança para prevenir fraudes.

Estudantes da Educação de Jovens e Adultos (EJA) e também os veteranos que pediram para mudar de escola deverão também devem realizar essa etapa com preenchimento e envio das documentações digitalmente.

A plataforma digital está ativa, e, para confirmar a vaga, basta acessar o link (abaixo) e inserir os dados solicitados, sem utilizar acentuação nos campos a serem preenchidos. O envio da documentação digitalizada deve ser nos seguintes formatos: jpeg, jpg, png, bmp, gif e pdf.

Antes de clicar em ENVIAR DOCUMENTAÇÃO, confira se todos os documentos foram inseridos no sistema. Essa ação somente poderá ser realizada uma vez por estudante.

◖ 1ª etapa/on-line ◗

🗓️ De 2 a 11 de fevereiro de 2021

Os pais e responsáveis deverão enviar a documentação digitalizada (Arquivos tipo jpeg, jpg, png, bmp, gif e pdf)

📄 Documentos

■ Documento de identificação (RG) – Certidão de Nascimento ou documento oficial com foto e

CPF do estudante;

■ Registro Geral (Carteira de identidade ou CNH) e CPF do responsável legal pela matrícula do

estudante;

■ Declaração Provisória de Matrícula (DEPROV) ou Histórico Escolar;

■ Comprovante de residência e/ou trabalho.

◖ Confirmação para matrículas◗

➠ Novos estudantes

ACESSE AQUI

➠ Educação de Jovens e Adultos

ACESSE AQUI

➠ Estudantes que solicitaram remanejamento

ACESSE AQUI

◖ 2ª etapa/Presencial◗

🗓️ Após o início das aulas do ano letivo de 2021

Os pais e responsáveis deverão entregar a documentação física, com apresentação do original e cópia, conforme o cronograma que será disponibilizado pela escola do estudante.

📄 Documentos

■ Cronograma após o início do ano letivo

■ Apresentação na Secretaria Escolar (Original e cópia)

■ Documento de identificação (RG) – Certidão de Nascimento ou documento oficial com foto e CPF do estudante;

■ Registro Geral (Carteira de identidade ou CNH) e CPF do responsável legal pela matrícula do estudante;

■ Declaração Provisória de Matrícula (DEPROV) ou Histórico Escolar;

■ Comprovante de residência e/ou trabalho;

■ 2 (duas) fotografias 3×4;

■ Comprovante de tipagem sanguínea e fator RH, nos termos da Lei Distrital nº 4.379/2009;

■ Carteira de Vacinação, conforme Lei nº 6.345/2019;

■ Número do NIS – Número de Inscrição Social.

Se comprovada a entrega de documentação falsa ou adulterada, invalidará a matrícula no ano ou série desejados, sendo a documentação submetida à análise do órgão próprio da SEEDF, nos termos do art. 254, § 2º do Regimento Escolar da Rede Pública de Ensino do Distrito Federal.

*Com informações da Secretaria de Educação

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Solve : *
13 × 6 =