Treinamento é realizado pela Sead, por meio da Escola de Governo. Medida assegura mais transparência nas compras realizadas pelos profissionais 

O Governo de Goiás deu mais um passo rumo à modernização e transparência dos processos de aquisição. A Secretaria de Estado da Administração (Sead), por meio da Escola de Governo, disponibilizou em tempo recorde curso de formação de pregoeiros destinado a aproximadamente dois mil servidores da Secretaria da Educação (Seduc), atendendo demanda premente de qualificação dos profissionais que atuam nas escolas estaduais.

Com a qualificação, os colaboradores de todos os municípios estarão capacitados para realizar compras de merenda e materiais de expediente no formato de pregão eletrônico, como determina o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE). As inscrições seguem até o próximo dia 25, por meio do portal www.escoladegoverno.go.gov.br.

O curso é disponibilizado em formato de ensino a distância (EaD), totalmente online, e é composto por três etapas que somam 48 horas de treinamento.

A metodologia deve ser aplicada a partir de 2021, evidenciando o esforço e agilidade da Sead na estruturação do curso. A Escola conta com a parceria do Centro de Formação da Seduc. Mais de 600 profissionais da Seduc já tiveram acesso ao conteúdo.

A medida contemplará as unidades escolares da rede estadual e dá total transparência ao processo, ao permitir que a comunidade tenha acesso às aquisições em tempo real. O titular da Sead, Bruno D’Abadia, confere à Escola de Governo mais um triunfo em prol do avanço da gestão pública.

“Além de adequarmos às normas, ofertamos um curso de qualificação de excelência para os servidores da Educação. O propósito é assegurar eficiência nos processos, transparência e economicidade nas compras efetuadas por nossas Escolas”, pontua.

Desde 2009, com a Lei n° 11.947, as unidades escolares já recebem recursos para aquisição de merendas e materiais para funcionamento dos espaços, o que muda com a nova norma é o formato da compra, que será apenas por meio de pregão eletrônico.

A pedagoga Márcia Maria Moreira, do município de Itapaci, aproveitou o fim de semana para assistir ao curso e demonstrou satisfação com o conteúdo. “Aulas excelentes e esclarecedoras. Muitas dúvidas surgiram na hora de elaborar o termo de referência, e o curso detalhou todas as etapas”, assinala.

O responsável pelas aulas é o gestor financeiro e de controle interno da Secretaria Estadual de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Semad), José Augusto Carneiro. Para o gestor, o pregão eletrônico confere agilidade, menores preços e mais lisura no processo de aquisição de materiais.

Secretaria da Administração – Governo de Goiás

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Solve : *
20 ⁄ 10 =