A Coluna avisou

Como antecipado pela coluna, o governador acabou determinando medidas muito mais rígidas de controle dos estabelecimentos no DF. Pesaram muito as imagens de bares e restaurantes lotados, com gente sem máscara. Mas o determinante foi o índice de ocupação das UTIs no DF, em que determinado momento somente um leito estava disponível.

 

A coluna avisou II

Embora a data das medidas tenha sido uma surpresa, o setor produtivo já vivia uma expectativa por um endurecimento de Ibaneis frente a pandemia. Por isso a facilidade com que representantes de diversos segmentos se mobilizaram em pleno final de semana para fazer protestos na porta do governador.

 

A coluna avisa

Quem conhece um pouco o governador sabe que ele não lida bem compressão, o que pode fazer com que os movimentos de empresários acabem reforçando ainda mais as convicções de Ibaneis pelo fechamento. A sorte é que a turma do deixa disso já está atuando. Em reunião com representantes da Fibra, como o presidente Jamal Bittar, Fecomercio e Sebrae, Ibaneis adiantou que estuda flexibilizar algumas regras para setores que já estão muito castigados. Mas avisa, somente se os indicadores como ocupação de UTIs melhorarem. Do contrário, o lockdown pode ser até maior que os 15 dias previstos inicialmente.

 

Guedes e os servidores

O ministro da Economia já escolheu o seu Cristo para anunciar o novo auxilio econômico. Sem forca para enfrentar empresários e majorar impostos, sem criatividade para buscar novos recursos, Guedes agora afirma que somente com o congelamento dos salários de servidores por um ano, conseguirá equilibrar as contas. E ainda dá o número da economia, se é que alguém ainda acredita nos números do ministro; 150 bilhões.

 

V de Venezuela

Gaiatos aproveitaram a frase de Guedes de que o Brasil com a política de isolamento frente a pandemia se transformaria em uma Venezuela e postaram nas redes que este é o crescimento em V que o ministro anunciava.

 

Fogo e gasolina

Cada vez mais os caminhoneiros se afastam do governo, do qual nem mais o ministro da Infraestrutura, que tinha um canal livre com os trabalhadores, consegue mais angariar simpatias. O quinto aumento de gasolina no ano, atingindo novamente o diesel, coloca fogo na categoria que só não conseguiu parar de novo o pais porque esta desmobilizada diante da pandemia.

 

Pacote contra a crise

As medidas que o governo deve anunciar ainda esta semana para conter a crise da pandemia serão praticamente uma reedição das tomadas no ano passado, como a suspensão de contratos, redução de jornadas etc. Uma novidade, no entanto, está sendo debatida:  a suspensão, pelos empregadores, de depositar seus percentuais d recolhimento do FGTS na conta dos empregados. O problema é que essa conta seria mais uma a ser assimilada pelo governo.

 

Orçamento participativo

O GDF marcou para o dia 28 de abril a audiência pública para discutir a LDO 2022. Será a segunda vez que o governo possibilita, por meio digital, a participação da população na discussão sobre o orçamento. O Site da secretaria de Economia vai trazer as informações sobre como participar da audiência.

 

bsbagora@gmail.com

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Solve : *
4 × 3 =