Fechar geral

As próximas 48 horas vai ser determinantes para consolar ideia do governador Ibaneis em radicalizar geral o lockdown em Brasília.  Vai pesar na decisão a revoas do quadro e colapso as unidades de saúde. O DF esta já alguns dias com eis de 90% das UTIs ocupadas e mesmo com o esforço de colocar novas unidades, a fila de espera só cresce.

 

Fechar geral II

Entre os que defendem mais rigor nas medias existem até os que pregam o toque de recolher mais intenso, começando as 20 horas, mas essa tese encontra resistência ter do governador. Outra possibilidade levantada e de um toque de recolher nos finais de semana, mantendo apenas serviços médicos em funcionamento. Outra tese que ainda não encontrou acolhida pelo governador.

 

Academias na berlinda

Está cada vez mais difícil a interlocução junto com setores de academias. O Governador não está gostando da pressão de alguns donos de estabelecimentos e pode rever a politica de abertura. Outra segmento que também pode enfrentar medias mais rígidas é o das igrejas, principalmente diante das denúncias de templos lotados.

 

Dívida ativa no cartão

A secretaria de Economia oferece uma facilidade aos contribuintes já é possível parcelar débitos de IPTU/TLP, IPVA, ITBI/ITCD, ICMS/ISS, débitos já em dívida ativa e taxas do GDF em cartão de crédito.  A quantidade de parcelas varia de acordo com a empresa credenciada. É importante, porém, que o contribuinte, antes de realizar o pagamento, faça a simulação da operação em cada empresa, pois as condições e as taxas de juros podem ser diferentes.

 

IPCA em alta

O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) de fevereiro foi de 0,86%, 0,61 ponto percentual acima da taxa de janeiro (0,25%). Esse foi o maior resultado para um mês de fevereiro desde 2016, quando o IPCA foi de 0,90%. No ano, o índice acumula alta de 1,11% e, em 12 meses, de 5,20%, acima dos 4,56% observados nos 12 meses imediatamente anteriores.

 

IPCA em alta II

Apesar da alta, o grupo Alimentação e Bebidas saiu de uma elevação de 1,02% em janeiro para um avanço de 0,27% em fevereiro, dentro do IPCA, divulgado pelo IBGE. O grupo contribuiu com 0,06 ponto porcentual para a taxa de 0,86% do IPCA no mês. Segundo analistas, a queda foi pela redução de demanda de produtos, provocada pela retirada do auxílio emergencial.

 

Desemprego recorde

A da taxa média de desocupação atingiu 13,5%. Um recorde. É a maior da série da Pesquisa Nacional por Amostras de Domicílios (PNAD), superando os 11, 9% de 2019. Segundo o levantamento do IBGE, 19 estados e o DF bateram recorde. As maiores médias anuais foram registradas em Alagoas (18,6%), Sergipe (18,4%) e Bahia (19,8%). DF teve taxa de 15,6%

 

Fecomércio x CNC

A guerra entre a nova diretoria da Fecomércio e a CNC está só começando. A troca de dossiês tende a deixar a situação difícil com reflexos na atuação do Sesc e Senac. Os próximos capítulos serão tensos.

 

bsbagora@gmail.com

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Solve : *
20 ⁄ 20 =