Separação e tentativas de reconciliação é destaque nas redes sociais há meses/Foto: Reprodução/Instagram
Flávio Muniz, profissional de marketing digital, analisou separação, seus desdobramentos e os boatos de possível reconciliação 

Gusttavo Lima e Andressa Suita foram flagrados juntos, pela segunda vez, em Angra dos Reis, no Rio de Janeiro, durante o último fim de semana. Desta vez, uma fã, que estava fazendo um ensaio de casamento na região, encontrou com a modelo e o sertanejo e pediu para fazer o registro. No vídeo, Andressa chama Gusttavo de “amor”. Com isso, os dois ganharam, novamente, as manchetes e viraram assunto nas redes sociais. A confirmação de uma possível reconciliação, no entanto, ainda não veio.

Para o especialista em marketing digital, Flávio Muniz — referência em desempenho no Google —, não há dúvidas de que o cantor e a influenciadora querem mesmo é serem vistos. “Com certeza absoluta. Tanto o cantor Gustavo Lima como sua ex ou atual esposa têm uma assessoria de imprensa e de mídias sociais muito presente e inteligente. Eu acredito fielmente que nenhum movimento do cantor/celebridade é dado em vão, tudo é milimetricamente pensado e analisado antes de ser publicado, ou até mesmo levado às redes sociais.”

A reportagem do R7 pediu para que o especialista analisasse alguns pontos da separação. O fim do casamento entre o sertanejo e a modelo foi confirmado no dia 9 de outubro de 2020. Os dois estavam juntos desde 2015 e, antes do anúncio, demonstravam uma vida “feliz” nas redes sociais. No mesmo dia, Gusttavo publicou um trecho da nova música de trabalho (Café e Amor). Logo na sequência, fãs passaram a suspeitar que o fim do casamento poderia ser uma ação de marketing com o objetivo de promover a carreira musical dele.

Diferentemente dos boatos levantados por meio das redes sociais, ao longo dos últimos meses, o artista não teria motivos para usar a separação como forma de autopromoção. Ele acumula 37,5 milhões de seguidores no Instagram. No YouTube, os vídeos dele somam mais de 8 bilhões de visualizações. De acordo com Flávio Muniz, quando analisada as redes sociais do músico, é possível observar um “engajamento orgânico forte”.

“O cantor, no início da pandemia, em 2020, foi um dos percursores das lives no YouTube. O que multiplicou a audiência e aumentou consideravelmente seu número de fãs. Esse volume de novos fãs que vieram do YouTube abasteceram todas as suas redes sociais. Não vejo uso proposital de ferramentas, uma vez que o cantor multiplicou seu público de fãs através das lives. Sendo o pioneiro e até conquistando o merecido título de ‘o rei das lives’, atraindo milhões e milhões de fãs em tempo real.”

Na suposição quanto a possíveis efeitos negativos às imagens públicas de Gusttavo Lima e a modelo Andessa Suita, num eventual uso da separação para autopromoção, o especialista em marketing digital não vê riscos. Para ele, os dois não fariam uma aposta tão arriscada, já que todas as informações divulgadas são cuidadosamente escolhidas.

“Afirmo que não há nenhum tipo de risco de dano à imagem nem do cantor Gustavo Lima nem da modelo Andressa Suita. O que vejo é uma situação que ocorre diariamente com milhares de casais em todo Brasil. Muitos casais se separam, alguns para sempre, outros reatam. A vida é assim. Não vejo que a assessoria de digital do Gustavo Lima faz apostas, pelo contrário. Todas as ações são muito bem pensadas antes virarem notícia.”

 

Fonte: R7

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Solve : *
27 − 25 =