Foto: Gabriel Jabur/Agência Brasília.

O bate-papo relembrou a história, as obras e muitas curiosidades sobre o artista

“Artista eu sou. Pioneiro eu me fiz”. Athos já se consagrava como pintor, escultor, desenhista, e ao falar de Brasília ainda tomava ares de poeta. Essa frase dele traduz o seu amor pela capital, cidade que escolheu para viver e que tem sua marca por cada canto do quadrado.

Desde o início dessa gestão, o Governo do Distrito Federal vem reposicionando Brasília como um destino turístico único. E com um novo olhar voltado para o turismo, percebeu a necessidade de valorizar o que a cidade tem de melhor, não somente promovendo seus diferentes pontos turísticos, mas, especialmente, valorizando aqueles que ajudaram a construir a nossa capital. nesta quinta-feira (2) foi lançado o projeto Julho em Quatro Athos para celebrar a memória do artista cujas obras são elementos de identificação imediata com a cidade. O quadro de entrevistas com diversas personalidades acontecerá todas as quintas-feiras, às 20h, nas redes sociais da Setur.

Sábado às 10h tem reprise das lives no Instagram da Setur

A primeira edição do quadro “Papo de Bulcão” recebeu o presidente da Fundação Athos Bulcão, Paulo Brum, que agradeceu a iniciativa da Setur em apresentar um projeto tão importante para resgatar a memória desse pioneiro que transformou a capital do país em uma galeria de arte a céu aberto. Temos uma cidade onde não se pode separar arquitetura da arte, onde arquitetura e arte caminham juntas graças à criatividade de Athos e tantos outros que inspiraram e criaram esse monumento. Reconhecer o legado desse artista é reconhecer sua contribuição para Brasília ser essa capital única em todo o mundo. É reconhecer a importância da cultura para o turismo. É reconhecer que a capital do Brasil é também uma capital de cultura, de criatividade e inovação”, destacou Paulo. A Fundação preserva as obras do artista, realiza exposições das serigrafias de Athos nas escolas públicas e tem diversas ações.

Durante o bate-papo, a secretária de Turismo, Vanessa Mendonça, reforçou que a ideia de homenagear Athos Bulcão surgiu para despertar o sentimento de amor e gratidão por aqueles que deixaram suas marcas na história da capital. “Esse projeto é uma forma de despertar em todas as gerações o amor por Brasília, conhecendo a história de quem construiu essa cidade incrível e saber mais sobre quem foi essa pessoa tão generosa com os amigos e com a população de Brasília. Será um mês dedicado para celebrar a memória e o legado desse artista, uma homenagem à altura da genialidade e do ser humano ímpar que foi Athos Bulcão”, concluiu a secretária.

Além das entrevistas especiais que vão revelar os detalhes de vida e da obra deste pioneiro do design brasiliense, a Setur montou uma programação intensa, com mini roteiros ciclísticos autoguiados e passeios virtuais a espaços que contam com obras de Athos, espalhadas por toda a parte de Brasília, e que  nasceram junto com a cidade.

Neste sábado (4) teremos uma edição especial do Live Tour Brasília, outro projeto inovador lançado pela Setur no mês passado que proporciona visitas guiadas pelos diversos pontos turísticas da capital. O quarto passeio será pelo Congresso Nacional, esse ícone da capital projetado por Oscar Niemeyer que contém diversas obras de Athos. A visita será conduzida pelo guia de turismo, Lúcio Montiel, que contará histórias, fatos e curiosidades da vida desse grande artista.

Não perca os episódios cheios de emoção da edição especial da Live Tour Brasília.

Confira: todos os sábados, às 10h,  no Instagram da Setur. www.instagram.com/seturdf/

 

*Com informações Setur

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Solve : *
17 − 12 =