Vacinação com agendamento

O relator da Comissão Especial da Vacina da Câmara Legislativa do DF, deputado Rodrigo Delmasso (Republicanos), está defendendo a implantação de um sistema de agendamento a fim de evitar aglomerações nos locais de vacinação contra a Covid-19. A ideia é a Secretaria de Saúde promover uma campanha publicitária para informar à população que, mesmo após a vacinação, é necessário continuar adotando as medidas de prevenção, como distanciamento social e uso correto de máscara.

Sem votos

O senador Eduardo Girão (Podemos-CE) quer tomar o lugar do senado Omar Aziz (PSD-AM) na presidência da CPI da Covid-19. A exemplo do seu chefe, Jair Bolsonaro, o senador quer fazer tudo na marra. Só tem um problema: até o momento não tem votos para virar o placar de 7 a 4 para Omar.

Salles vira alvo

O ministro Meio Ambiente, Ricardo Salles, executa a política ambiental que deseja o presidente Jair Bolsonaro. Só que os resultados estão péssimos, principalmente às vésperas da Cúpula de Líderes sobre o Clima. Em função disso, a pressão pela demissão de Salles só aumenta. Bolsonaro resiste em demitir o ministro.

Eleições 2022

Nas rodas de discussões sobre a sucessão do governador do DF, Ibaneis Rocha (MDB), não existe muita novidade. A possível chapa com Ibaneis e a ministra Flávia Arruda (PL-DF) é vista como “muito forte”. Um debate ainda incipiente sobre a possível entrada do presidente Jair Bolsonaro na política do DF em 2022 começa a acontecer.

Piada

A suposta candidatura da ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, ao Palácio do Buriti em 2022 com apoio do presidente Jair Bolsonaro ainda é vista como a “piada de momento”. A segunda opção seria Damares ser candidata ao Senado. É bom lembrar que em política tudo pode acontecer.

Aulas

A Câmara dos Deputados acaba de aprovar um texto-base de um projeto que proíbe a suspensão das aulas presenciais durante a pandemia de Covid. Faltou a vacinação urgente dos professores e auxiliares nas escolas de todo o país.

Vigilantes

Um levantamento feito pelo Sindicato dos Vigilantes do DF mostra um quadro preocupante, segundo o deputado distrital Chico Vigilante (PT-DF). Ao longo da pandemia 2.359 vigilantes foram infectados e 47 morreram de Covid-19 no DF, sendo que 10 trabalhavam em escolas públicas. O deputado pergunta: imagine se as escolas estivessem funcionando quantos teriam morrido?

Câmara silenciosa

A Câmara Legislativa do DF já foi chamada de “Casa do Espanto”. Só que hoje está muito silenciosa, tanto para maldades como para bondades. O que está acontecendo?

Vacinação lenta

A vacinação em todo Brasil está lenta e os postos com pouca gente aplicando o imunizante, que vem faltando em algumas localidades. Se a situação está assim nas capitais imagine nas cidades do interior do país. Em Brasília, a vacinação conseguiu em três meses imunizar 367.394 pessoas com a primeira dose contra a Covid-19. Isso representa 12,04% da população total do DF.

Franquia Universal

Até que ponto vai a autonomia do prefeito de Goiânia, Rogerio Cruz (Republicanos)? Alguns integrantes do PMDB chegam a dizer que a prefeitura virou uma espécie de “franquia da Igreja Universal”. O temor é que aconteça em Goiânia uma espécie de “efeito Marcelo Crivella”, ex-prefeito do Rio de Janeiro.

 

Carlos Honorato
pontofinal@carloshonorato.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Solve : *
27 − 11 =