CPI versus Bolsonaro

Começa a funcionar amanhã, no Senado, a CPI da Pandemia, que irá investigar os possíveis erros e omissões do governo de Jair Bolsonaro no combate a pandemia da Covid-19. Entre integrantes da CPI e demais políticos a opinião é de que os erros do governo são muitos, mas o “importante é se conseguir a comprovação”. Paralelo a isso, o governo faz “terror” contra os governadores com insinuações de desvios de verbas federais destinada ao combate da pandemia. Também existem os políticos que dizem com todas as letras que as entrevistas de Bolsonaro em relação a pandemia já configuram uma confissão de culpa.

Mandetta

O senador Omar Aziz (PSD-AM) quer a convocação do ex-ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta. A ideia é que ele explique detalhes de sua gestão. Aziz diz que é importante a convocação por um motivo simples: “Foi onde tudo começou”. Outro ex-ministro que deverá ser ouvido é Nelson Teich.

Retórica

A tese do presidente Jair Bolsonaro de colocar o Exército na rua para garantir o chamado “direito de ir e vir” é visto por alguns parlamentares como uma mera figura de retórica do presidente. Acredita-se que o presidente usa “essa forma de pressão” para que os governadores não fechem o comércio e prejudique a economia.

Lula articula

Pronto para disputar as eleições de 2022, o ex-presidente Lula já negocia com vários partidos a formação de uma frente. O velho MDB é um dos objetivos do ex-presidente, principalmente os caciques do Norte e Nordeste. O PSD também é um dos partidos que Lula não abre mão de ter no palanque em 2022.

Prévias tucanas

No ainda distante 17 de outubro, o PSDB fará prévias, mas ainda não definiu como será o colégio eleitoral. Os aliados do governador João Doria já defendem eleições diretas entre todos os filiados. O tema ganhou força com o anúncio do senador Tasso Jereissati ao Estadão de que pode ser candidato as prévias que definirá o candidato ao Palácio do Planalto em 2022.

Muito cedo

O staff da deputada Flávia Arruda (PL) – atualmente comandando a Secretaria de Governo da Presidência da República – diz que ainda é muito cedo para projeções de candidatura ou qualquer outra articulação sobre 2022. A intenção da ministra no momento “é fortalecer o elo de ligação entre o governo e o legislativo”. Quanto ao futuro político, a ministra sinaliza que falará no momento oportuno.

Vice do PP?

Com o general Hamilton Mourão fora do jogo, o vice da chapa de Bolsonaro para as eleições de 2022 deverá ser um integrante do PP, principal braço do Centrão. Quem tem alardeado tal possibilidade é o deputado Átila Lins (PP-AM). Até o momento Bolsonaro (sem partido) ainda não comentou nada sobre o assunto.

Pazuello sem máscara

Com muitas explicações a dar para a CPI da Pandemia sobre sua passagem pelo Ministério da Saúde, o general Eduardo Pazuello foi flagrado sem máscara no Manauara Shopping em Manaus. No final de semana, Pazuello também teve encontro com o coronel Menezes, candidato derrotado à prefeitura de Manaus pelo Patriota. Os dois discutiram os cenários políticos para as eleições de 2022 no Amazonas. Pazuello sonha em ser candidato ao governo.

Cloroquina

Uma meta-análise sobre o uso da hidroxicloroquina publicada pela revista Nature e assinada por mais de 100 cientistas mostra que o remédio está associado a uma maior mortalidade de pacientes com Covid-19. Mesmo assim, o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, admitiu ao Globo que irá lançar protocolo para uso de medicamentos contra a Covid-19 que incluiu a cloroquina. E agora?

Boa notícia

O presidente do Instituto de Gestão Estratégica de Saúde do Distrito Federal (Iges-DF), Gilberto Occhi, está interessado em “oferecer vagas a profissionais que estão em bancos de reserva de concursos públicos nas sete novas UPAS em construção e nas demais unidades geridas pelo instituto onde houve necessidade de pessoal”. A boa notícia foi dada durante uma audiência pública na Câmara Legislativa à Comissão de Educação, Saúde e Cultura (CESC) e ao Conselho de Saúde do DF.

 

Carlos Honorato
pontofinal@carloshonorato.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Solve : *
38 ⁄ 19 =