Ao todo, 22.729 pessoas receberam a primeira dose (a maioria, com 64 e 65 anos) e 12.403 foram vacinadas com o reforço

A vacinação contra a covid-19 para os idosos com 64 e 65 anos começou na última sexta-feira (16) e, em três dias, alcançou a marca de 21.639 vacinados com a primeira dose (D1) no Distrito Federal. Neste domingo (18), oito pontos de vacinação funcionaram das 9h às 17h. Durante o final de semana, 13.084 pessoas receberam a segunda dose (D2).

Foto: Geovana Albuquerque/Agência Saúde-DF
O movimento nos pontos de vacinação foi intenso, mas tranquilo durante sexta-feira, sábado e domingo | Foto: Geovana Albuquerque/Agência Saúde-DF

Os dados da vacinação são divulgados diariamente, a partir das 19h25, no Vacinômetro da Saúde.

O movimento nos pontos de vacinação foi intenso, mas tranquilo durante os três dias. “Estamos verificando que as pessoas estão buscando a vacinação de uma forma tranquila e com menos ansiedade do que se pode observar nos primeiros dias, o que tem evitado aglomerações”, destacou o secretário de Saúde, Osnei Okumoto. Ele lembrou, mais uma vez, que há vacina para atender a todo o público-alvo que está sendo contemplado nessa etapa.

Até o momento, a Secretaria de Saúde já vacinou 360.178 vacinados pessoas com a primeira dose (D1) e 140.433 com a segunda dose (D2). A cobertura vacinal daqueles que receberam a primeira dose é de 15,55% e de 6,11% de quem recebeu o reforço. A porcentagem considera a população elegível para receber a vacina, que são adultos acima de 18 anos. Esse público é estimado em 2.309.944 habitantes, segundo dados da Codeplan.

Veja os dados por dia:

Campanha de vacinação

A vacinação contra a covid-19, no Distrito Federal, começou no dia 19 de janeiro. Até o momento, o DF já recebeu onze remessas de vacinas, sendo 536.560 doses da vacina CoronaVac – produzida pelo Instituto Butantan em parceria com a farmacêutica chinesa Sinovac –, e 175.750 doses da vacina Covishield/AstraZeneca – desenvolvida pela universidade inglesa de Oxford, com a farmacêutica sueco-britânica AstraZeneca, também produzida no Brasil pela Fundação Oswaldo Cruz. Ao todo foram recebidas 712.310 doses de imunizantes.

Cerca de 10% das doses das vacinas são reservadas tecnicamente para repor eventuais perdas.

Forças de segurança

Ainda neste domingo, a Secretaria de Saúde anunciou a abertura do agendamento da vacinação para os profissionais das forças de segurança do Distrito Federal. Nesta segunda-feira (19), a partir das 8h, serão abertas 2.237 vagas no site vacina.saude.df.gov.br. A lista com nome e CPF dos contemplados nesta fase já foi enviada à Saúde. O número de vagas disponibilizadas é igual ao quantitativo informado.

Os contemplados poderão escolher dia, local e horário da vacinação. As datas à disposição são 20, 22 e 23 de abril. Serão três drive-thrus para atender a esse público: Parque da Cidade (estacionamento 13), Shopping Iguatemi e Faculdade Unieuro, em Águas Claras.

Esta etapa contempla os profissionais considerados mais expostos às ações de combate à covid-19, que são:

– Trabalhadores envolvidos no atendimento e/ou transporte de pacientes;
– Trabalhadores envolvidos em resgates e atendimento pré-hospitalar;
– Trabalhadores envolvidos diretamente nas ações de vacinação contra a Covid-19.
– Trabalhadores envolvidos nas ações de vigilância das medidas de distanciamento social, com contato direto e constante com o público independente da categoria.

 

*Com informações da Secretaria de Saúde

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Solve : *
12 − 8 =