Projeto inédito celebra o encanto das festas natalinas e de ano-novo, com atrações culturais e iluminação especial, até o próximo domingo (17)

A capital federal se transformou em uma “cidade-luz” e, agora, é hora de aproveitar os últimos dias de uma programação que há um mês encanta moradores e visitantes. O Brasília Iluminada, projeto que traz o charme das luzes de ano-novo para a capital federal, segue até o próximo domingo (17) enchendo os olhos de quem visita os espaços, com intervenções jamais vistas na cidade. A iniciativa do Governo do Distrito Federal é coordenada pelas secretarias de Economia, Cultura e Economia Criativa, Desenvolvimento Social (Sedes) e Turismo (Setur).

Show de luzes e organização: projeto impõe respeito aos protocolos de segurança contra a Covid-19 | Foto: Joel Rodrigues / Agência Brasília

415.770 m²de área implantada para o projeto

No percurso de 415.770 metros quadrados de área implantada, a árvore de 32 metros de altura já virou ponto turístico. E mais: sete velas luminosas gigantes, presépio com 14 personagens em escala real e cinco caixas iluminadas – uma delas, com 10 metros de altura, faz nevar em plena Esplanada dos Ministérios, transformando a experiência em um momento ainda mais mágico.

Selfie garantida também nos letreiros: palavras como superação, sonho, solidariedade e paz transformaram o local em parada obrigatória para o registro da foto em família. Tudo de acordo com as medidas de segurança sanitária decorrentes da pandemia de Covid-19, como o distanciamento de pelo menos 2 metros entre as pessoas e o uso obrigatório de máscara protetiva.

Palco “Céu de Brasília Cultural” serve de ponto de referência no vasto cenário do Brasília Iluminada | Foto: Acácio Pinheiro / Agência Brasília

O professor Leonardo Santos veio de Valparaíso (Goiás) pela segunda vez e trouxe a mãe, Gorete Santos, para conferir o espetáculo. “É o momento de reunir a família. Um presente com renovação de fé e esperança neste momento que o mundo está vivendo”, disse Gorete. “Gostei de todos os espaços e não consigo escolher o meu favorito. Muito bom o governo nos proporcionar um evento desta magnitude, que alcança todas as classes sociais e faixas etárias, e ainda ser gratuito”, completou Leonardo.

Ao lado do filho Davi, de 11 anos, a advogada Ana Lídia também manifestou encantamento. “Não esperava essa surpresa. Está muito caprichado. Uma oportunidade de sair ao ar livre com a família, seguindo todos os cuidados recomendados”, aprovou.

Arte do Cerrado

O artesanato também faz parte do espetáculo. No Espaço Luz do Mundo, atrás da Catedral Rainha da Paz – onde também está instalado o presépio virtual –, seis contêineres foram montados e disponibilizados gratuitamente para os 60 artesãos que, por meio do projeto e em rodízio, ganharam um novo ponto de negócios e oportunidade para a divulgação de sua arte.

Programação inclui show de luzes diariamente, com projeção acompanhada de música | Foto: Joel Rodrigues / Agência Brasília

Atrações musicais

As atrações musicais ficam por conta dos artistas locais, que voltam ao palco do Céu de Brasília, point cultural localizado na Praça do Cruzeiro, para as últimas apresentações. Até domingo (17) os destaques variam entre espetáculos de balé, poesia e música ao vivo para todos os gostos.

Confira a agenda:

Quinta-feira (14)

17h30 – Orquestra GVMUS

18h30 – Banda Rock Beats

19h30 – Banda Magoo

Sexta-feira (15)

16h30 – Nordeste – A Poesia do Sertão, com Nilson Freire

17h30 – Quinteto de Cordas e Trompa

18h30 – Beethoven 250 anos

Sábado (16)

16h30 – Carol Nogueira Quarteto

17h30 – Quarteto Alvorada

18h30 – Ballet Grupo Bailarinos de Brasília

Domingo (17)

16h30 – Coral de Cegos, Projeto Waldir Azevedo

17h30 – Orquestra Sopros da OFB

18h30 – Ballet Grupo Bailarinos de Brasília

Ressignificação do turismo

Pela primeira vez, em 60 anos, os brasilienses receberam o ano-novo com um espetáculo de luzes e cores. Ao longo dos 30 dias de evento, o projeto vem ativando a cidade como destino turístico e atraindo visitantes dos quatro cantos do país. A secretária de Turismo do Distrito Federal, Vanessa Mendonça, destaca a importância do Brasília Iluminada para a retomada do setor e todo o trabalho de ressignificação que o Governo do Distrito Federal tem realizado desde o primeiro dia de gestão.

Confira o vídeo:

“O nosso governador, Ibaneis Rocha, valoriza e reconhece a importância da nossa capital como destino turístico e tem reconstruído nossa cidade em todos os setores. E o Brasília Iluminada é mais um exemplo de ousadia acertada. Mostra como uma ação criativa pode ativar uma cidade como destino turístico”, sublinha a secretária.

Destaque ainda para os seis mil postos de trabalho gerados, com mão de obra 100% local. “Desde o início, sob o comando do governador Ibaneis Rocha, tivemos a preocupação de valorizar a mão de obra, os empreendedores e os empresários do Distrito Federal, em mais uma ação que busca ajudar setores que sofreram com a pandemia. Vale ressaltar ainda que investimos em uma ação que vai potencializar a vocação turística do nosso DF e impulsionar setores como hotelaria, transporte e comércio, neste e nos próximos anos”, completou o secretário de Economia, André Clemente.

 

* Com informações da Secretaria de Turismo

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Solve : *
7 × 2 =