Brasília Agora
Brasília Agora


DESTAQUE

PL e PT lideram recursos do Fundo eleitoral; veja distribuição

18 de junho, 2024 / Por: Agência O Globo

Vinte e nove partidos irão dividir R$ 4,9 bilhões para gastar em campanha

PL e PT lideram recursos do Fundo eleitoral; veja distribuição
Fachada do Tribunal Superior Eleitoral, em Brasília — Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

O Tribunal Superior Eleitoral ( TSE) divulgou nesta segunda-feira os valores da distribuição do fundo eleitoral para as eleições municipais deste ano. O PL e o PT receberão os maiores repasses, por terem a maior bancada na Câmara dos Deputados.

No total, 29 partidos vão dividir R$ 4,9 bilhões, valor definido pelo Congresso no Orçamento deste ano e sancionado pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Apesar de o governo ter proposto uma quantia bem menor, de R$ 900 milhões, Lula acabou mantendo o valor aprovado no Congresso, com apoio de parlamentares da base.

O fundo teve um um salto de 145% entre uma eleição municipal e outra — em 2020, foi de R$ 2 bilhões. Caciques do PL e do PT — partidos do ex-presidente Jair Bolsonaro e do presidente Lula, e os maiores beneficiados, atuaram para reduzir resistências de outras siglas.

No ano passado, o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), chegou a criticar o valor, ao dizer que ele seria um “erro grave”.

O maior repasse será para o PL, de R$ 886 milhões, o equivalente a 17% do total do fundo. Depois vem o PT, com R$ 619 milhões (12%) e o União Brasil, com R$ 536 milhões (10%).

O principal critério do fundo (83% dos recursos) é calculado a partir da bancada na Câmara, incluindo os eleitos no último pleito e os números após eventuais fusões e incorporações. Também há um percentual a partir da bancada do Senado (15%), e todas as legendas recebem 2%, ou R$ 3,4 milhões.

Confira a seguir quanto cada partido vai ganhar:

  • PL: R$ 886 milhões
  • PT: R$ 619 milhões
  • União Brasil: R$ 536 milhões
  • PSD: R$ 420 milhões
  • PP: R$ 417 milhões
  • MDB: 404 milhões
  • Republicanos: R$ 343 milhões
  • Podemos: R$ 236 milhões
  • PDT: R$ 173 milhões
  • PSDB: 147,9 milhões
  • PSB: R$ 147,6 milhões
  • PSOL: R$ 126 milhões
  • Solidariedade: R$ 88 milhões
  • Avante: R$ 72 milhões
  • PRD: R$ 71 milhões
  • Cidadania: R$ 60 milhões
  • PCdoB: 55 milhões
  • PV: R$ 45 milhões
  • Novo: R$ 37 milhões
  • Rede: R$ 35 milhões
  • Agir: R$ 3,4 milhões
  • DC: R$ 3,4 milhões
  • Mobiliza: R$ 3,4 milhões
  • PCB: R$ 3,4 milhões
  • PCO: R$ 3,4 milhões
  • PMB: R$ 3,4 milhões
  • PRTB: R$ 3,4 milhões
  • PSTU: R$ 3,4 milhões
  • UP: R$ 3,4 milhões

BS20240618012809.1 – https://oglobo.globo.com/politica/noticia/2024/06/17/fundo-eleitoral-pl-e-pt-lideram-recursos-veja-distribuicao.ghtml