Brasília Agora


COLUNAS

Ponto Final

14 de maio, 2024 / Por: Carlos Honorato

Anistia para Bolsonaro

A ideia de uma possível anistia ao inelegível ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) continua no radar do presidente do PL, Valdemar Costa Neto.

Ponto Final
Foto: reprodução

Uma das estratégias é barganhar com os candidatos à presidência da Câmara e do Senado a possibilidade de anistiar Bolsonaro e os condenados pelo vergonhoso 8 de janeiro. O partido só vai entrar em campo pela anistia depois das eleições municipais. Políticos da oposição acham um absurdo o experimentado presidente do PL assumir tal bandeira. Outros acreditam que o ex-presidente estaria fazendo pressão para Valdemar assumir a sua defesa política.

Sobe e desce

Depois de ser “favorito” na corrida para ocupar o lugar de Arthur Lira na presidência da Câmara, Elmar Nascimento está em baixa. Motivo: fez campanha pela soltura de Chiquinho Frazão, um dos acusados pelo assassinato da vereadora Marielle Franco (PSOL-RJ). Dois nomes estão fortes: Marcos Pereira e Antônio Brito. Pereira teria até a simpatia do PT.

Viagem cancelada

Em função da tragédia do Rio Grande do Sul, o presidente Lula cancelou a viagem que faria ao Chile na próxima sexta-feira. O presidente teria encontro com o presidente chileno Gabriel Boric, além de participar de um fórum empresarial organizado pela Apex Brasil. Seja qual for a situação, Lula deve retornar ao RS nos próximos dias.

Agropecuária

Apesar de vários órgãos e entidades dizerem que é muito cedo para cálculos sobre os prejuízos das chuvas no Rio Grande do Sul, a Confederação dos Municípios informa que deve chegar a R$ 1,7 bilhão os prejuízos da agropecuária gaúcha.

Fundo do clima

O Ministério do Meio Ambiente corre o risco de ficar sem o controle do Fundo de Mudança do Clima, algo em torno de R$ 10 bilhões. O autor da proposta na Comissão do Meio Ambiente da Câmara é do deputado goiano José Nelto (PP-GO) e autoriza o uso do fundo para socorro ao Rio Grande do Sul. A questão divide o ministério comando por Marina Silva. A votação da proposta deve acontecer no próximo dia 15.

Dinossauros

Enquanto a solidariedade dos brasileiros ao Rio Grande do Sul recebe elogios de todos os lados, os dinossauros negacionistas tentam aprovar medidas no Congresso que podem ajudar a piorar os efeitos das mudanças climáticas no Brasil.


Chapa pronta

Duas mulheres e um homem – de partidos diferentes – devem encabeçar a chapa governista ao Buriti nas eleições de 2026.


Preocupação

Os presidentes de partidos políticos do DF já começaram a identificar dificuldades para montar nominatas de deputados para as eleições de 2026. É preciso lembrar que na eleição passada, deputados com pouco mais de 20 mil votos ganharam as eleições e outros com mais de 40 mil votos ficaram de fora.

Doação

O presidente dos EUA, Joe Biden, disse que estava muito preocupado com a situação do Rio Grande do Sul. Tanto que fez uma irrisória doação de US$ 100 mil dólares para ajudar as vítimas das enchentes. Só que a preocupação maior de Biden é maior com as guerras. Tanto que aprovou uma ajuda total de US$ 98 bilhões para financiar a guerra na Ucrânia e para Israel continuar barbarizando a faixa de Gaza.

Polêmica

No que depender do presidente do PL em Goiás, senador Wilder Morais, o candidato do partido à prefeitura de Goiânia é o polêmico deputado federal Gustavo Gayer e ponto final. Assim que retornar os EUA, Gayer irá dedicar mais tempo a sua campanha. Alguns políticos goianos apostam que o parlamentar não irá disputar a eleição municipal.

Vanderlan firme

Apesar de estar um pouco isolado, o senador Vanderlan Cardoso (PSD) não irá desistir de sua candidatura à prefeitura de Goiânia. Aliados do senador garantem que Vanderlan está disposto a ir para o tudo ou nada e não irá desistir da disputa.

[email protected]