Desse total, 57 mil trabalhadores da saúde receberam a primeira dose. Dados são desde o início da vacinação, em 19 de janeiro, até a quinta-feira (11)

Foto: Breno Esaki/Agência Saúde-DF
O DF já recebeu três remessas da vacina CoronaVac – produzida pelo Instituto Butantan em parceria com a farmacêutica chinesa Sinovac –, totalizando 162.560 doses |

Foto: Breno Esaki/Agência Saúde-DF

A Secretaria de Saúde divulgou, nesta sexta-feira (12), o balanço completo da vacinação contra a Covid-19 no Distrito Federal. O boletim semanal destaca a quantidade de doses aplicadas na população que compõe o grupo prioritário e detalha as Regiões de Saúde onde ocorreu a vacinação. Os dados são desde o início da vacinação, em 19 de janeiro, até a quinta-feira (11). Até o momento foram vacinados com a primeira dose das vacinas CoronaVac e Covishield, 57.813 trabalhadores da saúde, tanto da rede pública quanto da rede particular.

Também receberam o imunizante 45.280 idosos com 80 anos ou mais; 4.659 idosos com 79 anos; 1.936 pacientes do Nrad e pessoas com mais de 60 anos que vivem em instituições de longa permanência (ILPIs); 110 pessoas com deficiência institucionalizadas; e 95 indígenas.

A Região de Saúde que mais vacinou foi a Região Centro-Sul, que engloba as asas Sul e Norte, lagos Sul e Norte, vilas Planalto e Telebrasília, Sudoeste/Octogonal, Cruzeiro e Noroeste. No total, foram vacinados com a primeira dose 40.914 pessoas, sendo: 24.601 trabalhadores da saúde; 14.321 idosos com 80 anos ou mais; 1.585 idosos com 79 anos; 318 pacientes do Nrad e pessoas com mais de 60 anos que vivem em ILPIs; 57 pessoas com deficiência institucionalizadas; e 32 indígenas.

O balanço completo está disponível no boletim epidemiológico que pode ser acessado aqui.

7.427 pessoasreceberam a segunda dose da vacina, no DF. Foram 7.055 trabalhadores da saúde; 288 pacientes do Nrad e pessoas com mais de 60 anos que vivem em ILPIs; 68 pessoas com deficiência institucionalizadas; e 16 indígenas

Segunda dose

Receberam a segunda dose 7.427 pessoas, sendo: 7.055 trabalhadores da saúde; 288 pacientes do Nrad e pessoas com mais de 60 anos que vivem em ILPIs; 68 pessoas com deficiência institucionalizadas; e 16 indígenas.

A Região de Saúde Sudoeste, que engloba Taguatinga, Samambaia, Recanto das Emas, Águas Claras, Arniqueira e Vicente Pires, foi a que mais aplicou a segunda dose. No total, foram 2.196 trabalhadores da saúde imunizados. A Região de Saúde Oeste vem em seguida com 1.395 vacinados, sendo dez pessoas com deficiência institucionalizadas e o restante são trabalhadores da saúde.

O balanço completo está disponível no boletim epidemiológico que pode ser acessado aqui.

Vacinação no DF

O Distrito Federal já recebeu três remessas da vacina CoronaVac – produzida pelo Instituto Butantan em parceria com a farmacêutica chinesa Sinovac –, totalizando 162.560 doses. Também foram recebidas 41,5 mil doses da vacina Covishield – desenvolvida pela universidade inglesa de Oxford, com a farmacêutica sueco-britânica AstraZeneca.

Cerca de 5% das doses das vacinas são reservadas tecnicamente para repor eventuais perdas.

A vacina CoronaVac tem intervalo de aplicação entre as doses de 14 a 28 dias. Devido a isso, metade das doses recebidas são reservadas para a segunda aplicação. Já com a vacina de Oxford, esse intervalo é de até 90 dias.

 

*Com informações da Secretaria de Saúde

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Solve : *
16 − 8 =