Foi autorizada a realização de um novo concurso do Ministério da Economia (PSS) com 100 vagas temporárias, as oportunidades serão destinadas aos candidatos de nível superior

Os profissionais serão contratados para desenvolver atividades relacionadas à Prestação de Contas e à Tomada de Contas Especial no âmbito da Secretaria Especial de Produtividade, Emprego e Competitividade e da Secretaria de Políticas Públicas de Emprego do Ministério da Economia.

Além deste Processo Seletivo que acaba de ser autorizado, o Ministério da Economia também segue com outra seleção para contratação de 350 profissionais da área de Tecnologia da Informação com salários de R$ 8.300,00. Inclusive, as provas serão aplicadas no dia 11 de outubro de 2020.

A fim de te deixar sempre por dentro de todas as novidades, neste artigo, elaboramos as principais informações sobre o concurso e as seleções do Ministério da Economia. Acompanhe os tópicos e não perca nenhum detalhe:

Processos seletivos iminentes (Ministério da Economia)

PSS SPPE/SEPEC (AUTORIZADO)

Foi publicada no Diário Oficial da União (DOU) uma Portaria que autoriza a realização de um novo Processo Seletivo do Ministério da Economia para provimento de 100 vagas temporárias. As contratações terão prazo de aproximadamente quatro anos.

Além disso, os profissionais serão contratados para desenvolver atividades relacionadas à Prestação de Contas e à Tomada de Contas Especial no âmbito da Secretaria Especial de Produtividade, Emprego e Competitividade e da Secretaria de Políticas Públicas de Emprego do órgão.

Confira abaixo os cargos que serão contemplados nesta nova seleção autorizada do Ministério da Economia:

Vale frisar que conforme a lei que regulamenta esta seleção, os salários para os profissionais podem variar entre R$ 3.800 para analista e R$ 6.130 para as funções de agente e coordenador. No entanto, o próprio Ministério da Economia ainda deve definir a remuneração dos profissionais a serem contratados.

Já o prazo para a publicação do edital de abertura de inscrições para o processo seletivo simplificado será de até seis meses, contado a partir da publicação desta respectiva Portaria.

PSS áreas de Direito e Arquivologia (CONTRATAÇÃO DA BANCA)

E se você achou que as oportunidades do Ministério da Economia pararam por aí, você está enganado. Isso porque, foi publicado no Diário Oficial da União um extrato de dispensa de licitação que visa a contratação da banca responsável pelo Processo Seletivo com 39 vagas para áreas de Direito e Arquivologia.

Segundo o documento, a empresa responsável pela seleção é o Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (CEBRASPE). Agora, o próximo passo será a contratação efetiva da empresa em questão, que deve ocorrer nos próximos dias.

Confira abaixo o extrato de dispensa de licitação publicado no DOU:

Dispensa de Licitação - Concurso Ministério da Economia

Vale destacar que os profissionais serão contratados para desenvolver atividades técnicas especializadas no âmbito da Comissão Especial de Extintos Territórios Federais de Rondônia, Amapá e Roraima – CEEXT do ME. O prazo de duração dos contratos será até 1º de dezembro de 2022.

A publicação do edital do PSS deve ocorrer em até seis meses, contados a partir da publicação da Portaria de autorização. Ou seja, o documento deve sair até fevereiro de 2021.

Autorização

Comissão Especial

PSS área de TI (EDITAL PUBLICADO)

Com o edital do Processo Seletivo para área de TI já publicado, os candidatos inscritos no concurso terão que realizar as provas que estão previstas para ocorrer no dia 11 de outubro. De acordo com orientações do Cebraspe, será obrigatório o uso de máscara como forma de proteção para evitar a transmissão de COVID-19. Os locais de avaliação serão divulgados a partir do dia 05.

Orientações para prova

Neste edital, são ofertadas 350 vagas temporárias distribuídas entre sete especialidades da área de Tecnologia da Informação. Os candidatos aprovados serão lotados em Brasília-DF e receberão remuneração inicial de R$ 8.300,00. As inscrições foram encerradas em 06 de setembro.

Essa mão de obra temporária vai atuar em projetos de Transformação Digital de Serviços Públicos. O tempo de contrato dos servidores será de, no máximo, quatro anos. Confira abaixo a distribuição das vagas:

Especialista Ampla Concorrência PCD Negros
em Gestão de Projetos 37 03 10
em Infraestrutura de TI 37 03 10
em Ciência de Dados 37 03 10
em Segurança da Informação e Proteção de Dado 37 03 10
em Análise de Processos de Negócios 37 03 10
em Experiência do Usuário (UX) 37 03 10
em Desenvolvimento de Software 37 03 10

Principais datas

  • Inscrições: 21/08 a 06/09/2020
  • Isenção da taxa: 21/08 a 06/09/2020
  • Pagamento da taxa: 18/09/2020
  • Data da prova: 11/10/2020

Taxa de inscrição: R$ 60,00

Detalhes sobre as especialidades do concurso Ministério da Economia

Especialista em Análise de Processos de Negócios

REQUISITO: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de nível superior na área de Informática/Computação ou em Administração ou de graduação em qualquer área de formação com pós-graduação em Informática, em Computação, em Administração ou na área de análise de processos de negócios (mínimo de 360 horas), fornecido por instituição reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC), acrescido de experiência profissional superior a cinco anos em funções de Tecnologia da Informação ou relativas à especialidade do perfil; ou acrescido de título de mestrado ou doutorado em Informática, em Computação ou em Análise de Processos de Negócios.

DESCRIÇÃO SUMÁRIA DAS ATIVIDADES: mapear fluxo das atividades e identificar falhas, a fim de estabelecer estratégias para solução de problemas e melhoria contínua dos processos (as-is/to-be); analisar e definir métodos e processos de trabalho, estudar tempos e parâmetros, monitorar os processos; avaliar documentos de processos e padrões de desempenho; criar modelos de estado atual (as-is) dos processos existentes; propor padrão de documentação dos processos mapeados; realizar a implantação, monitoramento e execução do bpm; entre outros.

Especialista em Ciências de Dados

REQUISITO: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de nível superior na área de Informática/Computação ou em Estatística ou de graduação em qualquer área de formação com pós-graduação em Informática/Computação, em Estatística ou na área de Análise de Ciência de Dados (mínimo de 360 horas), fornecido por instituição reconhecida pelo MEC, acrescido de experiência profissional superior a cinco anos em funções de Tecnologia da Informação ou relativas à especialidade do perfil; ou acrescido de título de mestrado ou doutorado em Informática/Computação ou em Ciência de Dados.

DESCRIÇÃO SUMÁRIA DAS ATIVIDADES: agregar grandes quantidades de informações e organizá-las em formatos mais simples de visualização; sanar dificuldades de negócios utilizando técnicas de orientação a dados; aplicar conhecimento de estatística, incluindo testes e distribuições; buscar por padrões na apresentação dos dados, bem como identificar tendências que possam ajudar nos resultados da organização; aprimorar painéis digitais para divulgação dos modelos; manipular grande volume de dados brutos com o uso de algoritmos; analisar resultados; apresentar melhores decisões estratégicas baseadas em dados; garantir a qualidade da informação considerando sua utilidade para os diversos setores do órgão

Especialista em Desenvolvimento de Software

REQUISITO: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de nível superior na área de Informática/Computação ou de graduação em qualquer área de formação com pós-graduação em Informática/Computação (mínimo de 360 horas), fornecido por instituição reconhecida pelo MEC, acrescido de experiência profissional superior a cinco anos em funções de Tecnologia da Informação; ou acrescido de título de mestrado ou doutorado na área.

DESCRIÇÃO SUMÁRIA DAS ATIVIDADES: definir padrões e modelos de arquitetura de software; analisar problemas e proposição de soluções técnicas relacionados a sistemas de informação; auditar e validar o uso adequado dos padrões de arquitetura de software adotados; avaliar requisitos funcionais e não funcionais de software; planejar soluções para integração de sistemas, planejamento de mecanismos para garantir alta disponibilidade dos sistemas; trabalhar em conjunto com a área de infraestrutura a fim de planejar e solucionar questões relativas ao ambiente operacional dos sistemas, bem como o projeto e desenvolvimento de componentes de software; realizar tarefas relacionadas ao recebimento, entendimento, suporte a análise de negócio e especificação de demandas de serviço de desenvolvimento e de manutenção originadas a partir das necessidades dos usuários dos sistemas; entre outros..

Especialista em Especialista em Experiência do Usuário (UX)

REQUISITO: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de nível superior em qualquer área de formação, fornecido por instituição reconhecida pelo MEC, acrescido de experiência profissional superior a cinco anos na área de Experiência do Usuário (UX); ou acrescido de título de mestrado ou doutorado na área de Experiência do Usuário (UX).

DESCRIÇÃO SUMÁRIA DAS ATIVIDADES:
Interfaces digitais: gerir projetos de interface, elaborar mapas de navegação do usuário, realizar testes de usabilidade, criação, desenvolvimento e implementação de protótipos e soluções de interface finais inovadoras e atraentes nos principais canais digitais de governo (sites, apps, sistemas etc); apoiar a evolução e disseminação dos padrões de design do
governo federal; Design de serviços: revisar e aprimorar metodologias de design thinking para melhoria da jornada do usuário de serviços públicos; utilizar técnicas modernas para mapear jornadas dos usuários, propor e aprimorar padrões e processos de prestação de serviços públicos em canais digitais com base no entendimento das principais dores dos usuários e
oportunidade de uso de novas tecnologias; Gestão da qualidade: conhecer, avaliar, disseminar e aplicar o “Modelo de gestão da qualidade” para serviços em transformação digital, com gestão de projetos de melhorias
nos órgãos e serviços selecionados; Apoio aos órgãos: apoiar, com o uso das melhores técnicas e metodologias, as atividades de transformação digital de serviços, com o foco na melhoria da experiência do usuário, entre outros..

Especialista em Gestão de Projetos

REQUISITO: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de nível superior na área de Informática/Computação ou em Administração ou de graduação em qualquer área de formação com pós-graduação em Informática/Computação, em Administração ou na área de Gestão de Projetos (mínimo de 360 horas), fornecido por instituição reconhecida pelo MEC, acrescido de experiência profissional superior a cinco anos em funções de Tecnologia da Informação ou relativas à especialidade do perfil; ou acrescido de título de mestrado ou doutorado em Informática/Computação ou em Gestão de Projetos.

DESCRIÇÃO SUMÁRIA DAS ATIVIDADES: planejar, executar e monitorar projetos específicos relacionados à transformação digital nos diversos órgãos do governo federal; conduzir a idealização, o estudo, o plano e a implantação do projeto baseado nas boas práticas (baseado no Guia PMBOK) e(ou) na metodologia Ágil (SCRUM e Kanban); elaborar e publicar os documentos do projeto no ambiente corporativo; assegurar que os projetos fiquem dentro do escopo, do custo e do prazo acordados; entre outros..

Retificações

Retificação 1:

A primeira retificação do edital alterou os requisitos para o Perfil Profissional 4: Especialista em Experiência do Usuário (UX).

Retificação 2:

A segunda retificação do edital alterou os requisitos para os Perfis Profissionais:

  • 1: Especialista em Análise de Processos de Negócios
  • 2: Especialista em Ciências de Dados
  • 5: Especialista em Gestão de Projetos

Retificação no Conteúdo Programático específico do perfil profissional 4: Especialista em Experiência do Usuário (UX).

Neste documento também foi definida a prorrogação do período de inscrições, até o dia 06 de setembro de 2020.

Retificação 3:

Inclusão do subitem 1.5: Os candidatos aprovados no processo seletivo simplificado serão lotados em Brasília/DF.

Etapas do concurso Ministério da Economia TI

A seleção para o Ministério da Economia compreenderá as seguintes fases, de responsabilidade do Cebraspe:

  1. Prova objetiva de Conhecimentos gerais, com 50 questões, de caráter eliminatório e classificatório;
  2. Prova objetiva de Conhecimentos específicos, com 70 questões, de caráter eliminatório e classificatório;
  3. Prova de Títulos, de caráter classificatório.

Prova Objetiva

As provas objetivas terão a duração de 3 horas e 30 minutos e serão aplicadas no dia 11 de outubro de 2020. O exame valerá 120,00 pontos.

  • Conhecimentos gerais – 50 questões
    • Língua Portuguesa
    • Língua Inglesa
    • Raciocínio Lógico
  • Conhecimentos específicos – 70 questões

Será reprovado nas provas objetivas e eliminado do processo seletivo o candidato que se enquadrar em pelo menos um dos itens a seguir:
a) obtiver nota inferior a 10,00 pontos na prova objetiva de Conhecimentos gerais P1;
b) obtiver nota inferior a 21,00 pontos na prova objetiva de Conhecimentos específicos P2;
c) obtiver nota inferior a 36,00 pontos no conjunto das provas objetivas.

Orientações para prova

Avaliação de Títulos

A prova de títulos valerá 10,00 pontos, ainda que a soma dos valores dos títulos enviados seja superior a esse valor:

Edital Estratégico PSS T.I: baixe gratuitamente

Especialista em Infraestrutura de T.I.

Especialista em Análise de Processos

Especialista em Segurança da Informação

Especialista em Ciências de Dados

Especialista em Desenvolvimento de Software

Especialista em Experiência do Usuário

Especialista em Gestão de Projetos

IMPORTANTE: Ao clicar nos links acima, vai ser aberta uma janela do Google Drive que tentará carregar a visualização da planilha no seu navegador. Não há necessidade de esperar essa visualização (talvez até nem carregue, já que os arquivos são pesados).

Faça o download clicando na seta para baixo no canto superior direito da janela do Google Drive que vai ser aberta ao clicar nos links acima.

Todos os arquivos foram testados em diferentes computadores e celulares e estão ok. Talvez alguma incompatibilidade (ou mensagem de erro, como “arquivo inválido”) ocorra em virtude do seu próprio computador ou do tamanho dos arquivos que possuem mais conteúdo.

Concurso Ministério da Economia – Efetivos

De acordo com fontes internas do Ministério da Economia, posteriormente será realizado um concurso público com vagas efetivas. Vale lembrar que o ME não realiza concurso público desde 2015.

Na época, ainda com nome de Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG), foram ofertadas 556 vagas para diversos cargos de nível superior.

Último concurso Ministério da Economia

Em 2015, ainda com nome de Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG), o último concurso aconteceu com a oferta de 556 vagas. As oportunidades se distribuíram entre cargos de nível superior.

Sob organização do Cespe, atual Cebraspe, os cargos contemplados foram de Administrador, Analista Técnico-Administrativo, Arquivista, Contador, Médico, Técnico em Assuntos Educacionais, Arquiteto, Economista, Engenheiro, Analista em T.I., Assistente Social, Geógrafo, Geólogo e Técnico de Nível Superior.

Etapas e provas

Os candidatos foram avaliados por meio de Provas Objetivas, Provas Discursivas e Avaliação de Títulos, a depender da função pretendida. As provas tiveram duração de 4 horas e 30 minutos.

Edital MPOG-2015

ASSINE AGORA – Sistema de Questões

 

Informações sobre o concurso Ministério da Economia

Informações sobre o PSS Ministério da Economia

PSS áreas de Direito e Arquivologia

  • Data prevista: 2020
  • Vagas: 39
  • Cargos: Especialidades de Direito e Arquivologia
  • Banca: Cebraspe
  • Escolaridade: Nível superior

PSS SPPE/SEPEC

  • Data prevista: 2020
  • Vagas: 100
  • Cargos: Analista, Agente e Coordenador
  • Banca: A definir
  • Escolaridade: Nível superior

Ascom Estratégia
ascomestrategia@gmail.com

 

Fonte: Estratégia Concursos

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Solve : *
24 ⁄ 12 =