Em requerimento com assinatura de oito deputados, Leandro Grass enumera “fatos preocupantes”, como compra de testes rápidos com preços distintos

O deputado distrital Leandro Grass (Rede) protocolou na noite desta segunda-feira (6), na Câmara Legislativa, requerimento de criação de Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar a regularidade dos atos do Poder Executivo no combate à pandemia do coronavírus. O documento conta com a assinatura de oito deputados, conforme prevê o regimento interno da Casa.

Na justificativa, Grass citou “fatos preocupantes”, como compra de testes rápidos com preços diversos e alienados, desvio de respiradores, ausência de insumos nas UTIs e até divulgação errônea de número de leitos disponíveis no DF. “A situação é caótica, e a falta de transparência desses gastos não permite saber a sua regularidade. O TCDF está abarrotado de representações”, diz o deputado em um trecho da justificativa.

O requerimento apresentado à Mesa Diretora agora precisa ser lido para que a CPI seja criada. Para a instauração também será definido os nomes dos cinco membros responsáveis pelos trabalhos da comissão.

Também assinam o requerimento os distritais Arlete Sampaio (PT), Fábio Félix (PSOL), Reginaldo Sardinha (Avante), Eduardo Pedrosa (PTC), Rooselvelt Vilela (PSB), Reginaldo Veras (PDT) e Daniel Donizet (PSDB).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Solve : *
10 + 26 =