BLACK FRIDAY MOBILIZA

MAIS de 75% dos empresários entrevistados pela Fecomércio afirmara que vão aderir a campanha da Black Friday deste ano. O levantamento mostra ainda que a expectativa média de arrecadação das empresas gira em torno de 38,71 mil, e que 69,68% esperam que as vendas sejam realizadas pelo meio físico. Apenas 30,32% apostam nas vendas pela internet (online).

BLACK FRIDAY MOBILIZA (II)

O LEVANTAMENTO mostra que comerciantes esperam um aumento de 20,59% nas vendas. Em 2020, ano marcado pelo distanciamento social, pela ausência de confraternizações familiares e restrições de funcionamento das lojas, crescimento esperado foi de apenas 2,2%.

BLACK FRIDAY MOBILIZA (III)

A PESQUISA da Fecomércio-DF contrasta com levantamento similar, feito pela CNC e divulgado na coluna da semana passada, mostra que no pais a expectativa é de aumento das vendas, já que a pandemia impactou muito, mas sem chegar ao nível de otimismo dos empresários de Brasília.

STF CORTA ICMS DE LUZ E TELEFONE

O PREÇO das contas de luz e telefones devem ser impactados pela decisão do Supremo de proibir alíquotas diferenciadas na cobrança de ICMS por estados nas contas referentes a prestação desses serviços. Bom pro consumidor, ruim pros caixas dos estados, que devem ser sofrer perdas de R$ 26,7 bilhões por ano.

INOVA DIGITAL

COMEÇA hoje o maior evento de marketing digital e empreendedorismo do Centro-Oeste, o Sebrae Invova Digital. Serão três dias de palestras com convidados internacionais, painéis e um vasto conteúdo sobre e-commerce e redes sociais, além de outros temas. Tudo on-line e de graça pelo endereço sebraeinovadigital.com.br.

INDÚSTRIA RECUA

A SONDAGEM Industrial de outubro mostra desaquecimento da indústria. A pesquisa da CNI aponta para produção industrial estável, pequeno recuo da utilização da capacidade e redução no ritmo de crescimento do emprego.

Vendas no Natal

EM outra pesquisa, a maioria dos lojistas (96,5%) declarou que irá manter os preços exercidos no Natal de 2020, outros 3,25% declararam que vão aumentar os preços. Apenas 0,25% declararam que vão diminuir. Neste cenário, o indicador da variação média de preços apurou um aumento médio de +14,60%. de preços apurou um aumento médio de +14,60%.

Vendas no Natal (II)

DE ACORDO com 94,59% dos entrevistados que confirmaram o reajuste, o aumento se dará por conta de repasses aos fornecedores. Os outros 4,05% e 1,35% farão devido a aumento de impostos e aumento do dólar, respectivamente.

 

bsbagora@gmail.com

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Solve : *
17 − 6 =