Ação ampliará a infraestrutura de banda larga da região, atendendo universidades, hospitais e escolas

O programa Nordeste Conectado, que busca implantar equipamentos para promover o tráfego de dados em fibra óptica ao longo da rede da Companhia Hidrelétrica do São Francisco (CHESF), já conectou cinco cidades à rede troncal: Caruaru (PE), Campina Grande (PB), Paulo Afonso (BA) , Mossoró (RN) e Quixadá (CE). Elas já contam com internet rápida por cabos de fibra óptica. A estrutura permite tráfego de dados a 100 Gigabits por segundo. Outras quatro cidades serão conectadas a essa rede até o fim de 2021.

Governo leva fibra óptica para cidades nordestinas

Com o estabelecimento de parcerias, será possível atingir 77 localidades em quatro anos – Foto: Agência Brasil

A estrutura permitirá um fluxo de dados para escolas e centros de saúde, que será disponibilizado para provedores de serviço de acesso à internet, atraindo empresas para a região. Até o fim de 2022, pretende-se atender 16 cidades-polo diretamente. Com o estabelecimento de parcerias, será possível atingir, no total, 77 localidades em toda a região Nordeste, em quatro anos.

Por meio do programa Nordeste Conectado, o Governo Federal vem estabelecendo parcerias com empresas de telecomunicação para levar infraestrutura de fibra óptica às áreas alcançáveis pela rede, com a ampliação da oferta de serviços de internet banda larga à população.

Norte Conectado

Outra iniciativa do Governo Federal também busca levar fibra óptica às localidades mais remotas do país, dessa vez na região Norte: o programa Norte Conectado. Já foram executados: estudo e levantamento hidrográfico; projetos técnicos; consultoria para modelar o operador neutro e o modelo de negócio; contratação de empresa para fornecimento de cabos; e consulta pública acerca do modelo de operador neutro da infraestrutura do projeto-piloto.

O programa Norte Conectado será integrado à estrutura do projeto Amazônia Conectada — executado pelo Exército — para beneficiar 9,3 milhões de brasileiros.

Para atender a toda essa demanda, numa região cercada por rios e com áreas de difícil acesso, estão previstos mais de 10 mil quilômetros de cabo de fibra óptica, o suficiente para cobrir a distância de 100 mil campos de futebol. O projeto está em fase de conclusão do processo licitatório para contratação da empresa que fará o lançamento dos cabos.

Com informações do Ministério das Comunicações

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Solve : *
15 − 3 =